MENU

Diretor da Toyota vê Fórmula 1 "elitista" e descarta retorno

Diretor da Toyota vê Fórmula 1 "elitista" e descarta retorno

Atualizado: Quarta-feira, 19 Maio de 2010 as 10:47

Depois de ver a Toyota deixar a Fórmula 1 na última temporada, Tadashi Yamashina, ex-diretor da equipe na principal categoria do automobilismo, descarta um possível retorno. O executivo, que permanece como dirigente da empresa, classifica o segmento como ''elitista''.

Para Yamashina, a categoria não serve mais para estabelecer um ponto de contato das montadoras com seus clientes. ''Tem uma distância grande entre a Fórmula 1 e os atuais usuários de carros Toyota. A Fórmula 1 permanece como o topo do automobilismo, mas sua imagem se tornou muito elitista'', disse o executivo à Automotive News.

Mais do que criticar a principal categoria do automobilismo, Yamashina elogiou outros segmentos. ''Em corridas como (As 24 Horas de) Nurburgring, os fãs entram no pitlane, se misturam com as equipes e tocam nos carros. Eles podem participar de atmosfera e se sentir parte do evento'', afirmou.

Na Fórmula 1, o cenário é completamente diferente. ''Os fãs comuns não têm esperança de dar uma volta no paddock em uma corrida de Fórmula 1. Para os poucos afortunados que podem pagar por isso, tudo bem. Eu acho que o melhor tipo de corrida é aquele em que as pessoas podem se aproximar delas'', afirmou.

Membros da diretoria da empresa acompanharão um evento do Mundial de Turismo em Monza neste final de semana para avaliar uma possível participação no campeonato. Pilotos da Toyota até o ano passado, o alemao Timo Glock corre atualmente na novata Virgin e o experiente italiano Jarno Trulli é da Lotus, mais uma estreante.

veja também