MENU

Diretor de futebol do Timão nega ter sido censurado pelo presidente

Diretor de futebol do Timão nega ter sido censurado pelo presidente

Atualizado: Sexta-feira, 7 Janeiro de 2011 as 11:33

Logo que assumiu a diretoria de futebol do Corinthians no lugar de Mário Gobbi, Roberto de Andrade afirmou que o clube já tinha um acordo alinhavado com Adriano, do Roma. E falou isso publicamente. Só que à época gerou um mal estar com o presidente Andrés Sanches, que o desmentiu em nota oficial.

Na última quinta-feira, em sua primeira entrevista coletiva desde que assumiu o cargo, Roberto de Andrade negou que tenha havido indisposição com Sanches.

- De modo algum. Não houve nada. Até porque quando eu falei sobre o Adriano em uma entrevista à Rádio Bandeirantes foi na condicional. Eu disse que se ele fosse contratado, o contrato seria de um ano. Que se ele fosse contratado já teria um plano salarial. Só isso – declarou o cartola alvinegro.

A nota oficial do Timão à época, no entanto, tratou de desmentir o seu dirigente e amenizar a repercussão que suas declarações geraram. Especulou-se até que Andrés Sanches teria pedido a Andrade para falar menos com a imprensa.

- Ninguém pediu para eu falar ou deixar de falar. O problema é que eu trabalho e nem sempre posso dedicar todo o meu tempo ao Corinthians. Se não atendo é porque estou em reunião, resolvendo outras coisas. Mas sempre que possível eu vou atender, é claro – explicou o dirigente do Corinthians.

Roberto de Andrade é um dos possíveis candidatos à presidência do Timão na próxima gestão. Outro nome que aparece forte na situação é o de Mário Gobbi. Se o Conselho Deliberativo aprovar, as próximas eleições para presidente do Corinthians serão em dezembro de 2011, e não fevereiro de 2012.

Por Leandro Canônico

veja também