MENU

Diretoria revela acerto com Valdivia e aguarda resposta de árabes

Diretoria revela acerto com Valdivia e aguarda resposta de árabes

Atualizado: Terça-feira, 20 Julho de 2010 as 6:48

Se depender da diretoria, a torcida do Palmeiras pode ficar tranquila em relação ao futuro do clube. A chegada do técnico Luiz Felipe Scolari fez o Verdão se mexer ainda mais atrás de reforços, e eles devem aparecer nas próximas semanas. Os alvos não são divulgados pelo clube, mas as posições carentes são claras: pelo menos um zagueiro, dois meias e um atacante, todos com o aval de Felipão, que já tem uma espécie de “lista” com os nomes desejados.

O caso mais latente é o do chileno Valdivia, com quem o clube já teria um acerto, mas ainda dependeria da resposta do Al-Ain, dos Emirados Árabes, que demonstra pouca vontade de negociar o meia. O Verdão apresentou proposta para adquirir 50% dos direitos federativos do jogador por cerca de € 4,4 milhões (R$ 10,2 milhões).

- O Palmeiras, antes do início da Copa do Mundo, fez uma proposta formal para o Al-Ain, que foi encaminhada pelo presidente Belluzzo, assim como um pedido de autorização para conversar com o jogador. Essa conversa foi realizada na semana passada. No retorno do Valdivia, ele teve uns dias de folga, e o presidente foi pessoalmente ao Chile, na companhia de um representante da diretoria de futebol. As conversas estão bastante avançadas e, se não estão concretizadas, estão em vias de ser. Agora, retornamos para o clube, aguardando a posição deles. Não houve uma confirmação daquela proposta ou uma contraproposta, o que deve acontecer nos próximos dias. Então, o que cabia ao Palmeiras fazer - a proposta e o acerto com o Valdivia - foi encaminhado. Agora estamos esperando que respondam - garantiu o diretor de futebol Savério Orlandi.

O dirigente espera que a vontade de Valdivia em retornar ao Brasil ajude no desfecho da transação.

Valdivia disputou a Copa do Mundo pelo Chile

(Foto: Getty Images) - Sabemos que no futebol é difícil conter a vontade do jogador. Ele já disse que quer voltar e, se reforçar isso por lá, talvez facilite. (...) Quanto a outros, a torcida pode ficar tranquila que os reforços virão. Estamos trabalhando para isso.

Felipão aprovou a contratação do chileno ainda na África do Sul, onde comentava a Copa do Mundo para uma TV local. Com a saída de Cleiton Xavier, a chegada de Valdivia é ainda mais necessária. O técnico também quer outro nome para o lugar de Diego Souza e já deu sugestões, estudadas em conjunto com a diretoria.

Outra prioridade é a zaga. Com a manutenção da suspensão de Danilo por nove jogos, após as ofensas a Manoel, do Atlético-PR , a diretoria espera trazer outro nome para compor o elenco. O nome mais comentado era o de Réver, que acertou com o Atlético-MG. Segundo o Palmeiras, a negociação não saiu porque o Wolfsburg, da Alemanha, dono dos direitos do jogador, só queria liberá-lo em definitivo. No entanto, o Galo conseguiu contratá-lo por valores mais altos do que o clube alviverde ofereceu.

- Tentamos o Réver até a metade da semana passada. O clube alemão alegou que ele estava há apenas quatro ou cinco meses no clube, e o contrato é de cinco anos. Os valores que eles queriam estavam fora da realidade do Palmeiras – informou Savério Orlandi.

Os reforços que eventualmente chegarem não devem ter a participação da Traffic, parceira palmeirense. As contratações de Kleber, Tadeu e Tinga já ocorreram sem a empresa. O Verdão, agora, espera caminhar com as próprias pernas para obter maior retorno financeiro.   Por Diego Ribeiro São Paulo

veja também