MENU

Dirigentes do Grêmio viram a página e não falam mais sobre Ronaldinho

Dirigentes do Grêmio viram a página e não falam mais sobre Ronaldinho

Atualizado: Segunda-feira, 10 Janeiro de 2011 as 9:30

Foram praticamente quatro meses conversando com o empresário Assis. Neste período, surgiram vários indícios de acerto iminente, incluindo entrevistas otimistas prevendo o desfecho favorável.

Mas a partir da forte atuação do Flamengo nas conversas com o Milan, o Grêmio se retirou da negociação para contratar Ronaldinho Gaúcho.

Sábado à tarde o presidente Paulo Odone e o vice de futebol Antônio Vicente Martins concederam uma entrevista coletiva anunciando a desistência.

E, segundo a assessoria de imprensa do clube, foi o derradeiro pronunciamento de ambos sobre o assunto. Na manhã deste domingo, os repórteres foram comunicados desta decisão: os dirigentes do Grêmio não querem mais falar sobre Ronaldinho.

Sabendo que em coletivas organizadas pelo clube as perguntas podem surgir, os dirigentes também comunicaram que nos próximos dias vão evitar qualquer entrevista, enquanto o 'caso Ronaldinho' não se dissipa do noticiário tricolor.

Até lá, Odone e Vicente Martins devem rejeitar também contatos telefônicos diretos com a reportagem, que foi orientada a se utilizar da assessoria de imprensa do clube para intermediar as conversas.

Por: Eduardo Cecconi

veja também