MENU

Dispensado para resolver problemas, Alex Silva está com pé fora do Tricolor

Dispensado para resolver problemas, Alex Silva está com pé fora do Tricolor

Atualizado: Quarta-feira, 25 Maio de 2011 as 5:09

Alex Silva se desgastou com a diretoria do São Paulo (Foto: Ernesto Rodrigues / Agência Estado)

  Depois do meio-campista Cleber Santana, do atacante Fernandão e do lateral-esquerdo Junior Cesar, o zagueiro Alex Silva pode ser o próximo jogador a deixar o São Paulo. Sabendo que não vai continuar no clube, já que o Tricolor não tem verba para contratá-lo em definitivo junto ao Hamburgo (ALE) e com receio de estourar o limite de sete jogos no Campeonato Brasileiro, o que inviabilizaria uma transferência para outra equipe da Série A, o jogador veio ao CT da Barra Funda nesta quarta-feira e foi dispensado para resolver assuntos particulares. Por isso, entenda-se a rescisão do seu contrato.

Alex Silva tem contrato de empréstimo até o dia 31 de julho e o presidente do clube, Juvenal Juvêncio, havia dito no início do ano que iria contratar o jogador em definitivo. Porém, o jogador desgastou-se com os dirigentes nesse período. Primeiro, entrou em rota de colisão com o próprio presidente, que disse que o defensor havia inventado uma proposta do Sporting (POR) para forçar uma compra. Depois, no dia seguinte à eliminação na Copa do Brasil, o zagueiro criticou a diretoria, que não apareceu em público em nenhum momento para defender o técnico Paulo César Carpegiani e os próprios atletas.

- No futebol é sempre assim. Antes do resultado negativo, tinha sempre diretor no gramado. Depois sumiu. É fácil quando você ganha aparecer para dar entrevista, mas quando você perde, acaba sumindo. A vida segue. Não são os diretores que vão colocar o meião e tirar o time da difícil situação que está. Somos nós, jogadores, e é o que vamos fazer – afirmou o jogador, na ocasião.

Isso fez o jogador cair em desgraça com os dirigentes. Atualmente, o jogador está se recuperando de uma lesão muscular na coxa direita. Com propostas de Santos e Corinthians, que fez uma proposta salarial maior, o camisa 3 teria problema para continuar no futebol brasileiro após o término do seu empréstimo porque já teria estourado a cota de sete jogos. Vale lembrar que o clube que tiver interesse no atleta terá de entrar em acordo com o Hamburgo, que já manifestou o interesse de negociá-lo em definitivo por estar passando por dificuldades financeiras.

veja também