MENU

Djokovic bate Tsonga, vai à final em Wimbledon e garante o número 1

Djokovic bate Tsonga, vai à final em Wimbledon e garante o número 1

Atualizado: Sexta-feira, 1 Julho de 2011 as 1:26

Há pouco menos de um mês, Roger Federer esteve no caminho e, em Roland Garros, impediu que Novak Djokovic assumisse a liderança do ranking mundial. Nesta sexta-feira, era Jo-Wilfried Tsonga entre Nole e o número 1 do mundo, e o sérvio, enfim, conseguiu. Por 7/6(4), 6/2, 6/7(9) e 6/3, Djokovic se garantiu na final do Torneio de Wimbledon e, ao mesmo tempo, marcou a data para sua chegada ao posto de número 1 do ranking mundial.     Na próxima segunda-feira, 4 de julho, a ATP atualizará sua lista e pela primeira vez colocará o sérvio no topo. Ele finalmente ultrapassará Rafael Nadal, líder de forma ininterrupta desde 1º de junho do ano passado. O espanhol, mesmo que defenda seu título em Wimbledon, ficará como número 2, à frente de Roger Federer e Andy Murray, que continuarão como 3 e 4, respectivamente.

A chegada ao topo coroa uma temporada espetacular de Djokovic. Além de somar o vice no US Open título da Copa Davis no ano passado, Nole venceu, em 2011, o Australian Open, os ATP 250 de Belgrado, o ATP 500 de Dubai e os Masters 1.000 de Indian Wells, Miami, Madri e Roma. Do fim do ano passado até junho, Djokovic venceu 43 jogos seguidos.

Tsonga assusta no começo

Um game ruim de Djokovic logo no comecinho do jogo deixou o sérvio correndo atrás do francês por boa parte do primeiro set. O número 2 jogava bem na devolução, mas sempre via Tsonga fazer belas jogadas quando tinha chances de quebra. O francês salvou um break point no segundo game, outros dois no oitavo e mais três no décimo.

No entanto, sacando em 5/4 e "iguais", Tsonga arriscou no segundo saque e cometeu uma dupla falta com um serviço que ultrapassou os 200 km/h. No ponto seguinte, o francês jogou uma direita para fora e cedeu a quebra. Djokovic, que já vinha jogando melhor, não deixou a parcial escapar. No tie-break, o sérvio foi consistente do começo ao fim, enquanto o adversário cometeu quatro erros não forçados. Com um voleio na rede do francês, Nole fez 7/6(4) e fechou o set.

O jogo mudou totalmente na medida em que Tsonga deixou de conseguir jogadas espetaculares e era constantemente ameaçado por Djokovic. O sérvio abriu o segundo set com uma quebra e deslanchou. Sem ceder uma quebra de saque, Nole liderou confortavelmente e, por 6/2, fez 2 sets a 0. O terceiro parecia ser uma formalidade quando Djokovic obteve uma quebra no começo (terceiro game) e disparou na dianteira.Tsonga, porém, ainda deu um último susto, devolvendo a quebra no oitavo game e, em seguida, fazendo 5/4.

Jo-Wilfried Tsonga voa para alcançar uma bola no terceiro set  (Foto: AFP)

  Tsonga salva dois match points

Djokovic conseguiu mais uma quebra no 11º game e, em seguida, teve o serviço para fechar o jogo e chegar ao topo. Tsonga, mais uma vez, fez um game incrível, devolveu a quebra e forçou o tie-break. O jogo ganhou em emoção, e o sérvio voltou a tomar a dianteira, quebrando o francês e sacando para o jogo em 6/5. O número 19 do mundo, entretanto, tinha a confiança de quem virou um jogo incrível contra Roger Federer.

Com uma linda direita, Tsonga devolveu a quebra e forçou outro tie-break. Desta vez, o game de desempate foi equilibrado e chegou aos momentos decisivos empatado. Djokovic teve dois match points, mas Tsonga escapou - primeiro com saque-e-voleio, depois com um ace. O francês também teve dois set points evitados por Djokovic. Nole foi o primeiro a ceder um mini-break, com uma direita para fora. Tsonga, então, teve um set point com seu saque pela primeira vez e não vacilou. Um ótimo serviço fez Djokovic errar a devolução e selou o set: 7/6(9).

A reação foi abafada no começo do quarto set. O número 2 se aproveitou de um game ruim de Tsonga, quebrou no segundo game e logo abriu 3/0. Diferentemente da parcial anterior, Djokovic manteve o ritmo até o fim. No oitavo game, sacando em 5/3, Nole enfim fechou o jogo. Após cumprimentar o rival, ajoelhou-se, beijou a grama, e festejou o topo do ranking.          

veja também