MENU

D'lessandro prefere não cruzar com argentinos na Libertadores

D'lessandro prefere não cruzar com argentinos na Libertadores

Atualizado: Sexta-feira, 1 Abril de 2011 as 9:46

Ele conhece do assunto e, por via das dúvidas, prefere não topar com conterrâneos no meio do caminho. O meia D’Alessandro deixou claro que não considera uma boa ideia enfrentar argentinos nas etapas de mata-mata da Libertadores. E por dois motivos: primeiro, pela dificuldade natural dos duelos com as equipes do país vizinho; segundo, por não querer disputar eliminação com jogadores que são seus compatriotas.

O jogador, porém, lembra que o Inter encontrou argentinos na trajetória até o título em 2010. Teve dificuldades, mas conseguiu superá-los. Deixou para trás o Banfield nas oitavas de final e o Estudiantes nas quartas, sempre avançando no saldo qualificado.

- Eu não gostaria de encontrar argentinos porque sou argentino. Não é fácil jogar lá. Mas fomos no ano passado e conseguimos a classificação contra o Estudiantes. Fizemos um bom jogo contra o Bandfield também. Se tiver um time argentino pela frente, estamos preparados para enfrentar um mata-mata com qualquer um. Eles também não devem querer enfrentar os brasileiros. Times argentinos e brasileiros nunca querem se enfrentar em mata-mata – comentou o camisa 10.

O jogador coloca os times de seu país entre os concorrentes do Inter pelo título da Libertadores. Mas também cita os brasileiros.

- Estudiantes e Vélez são os times mais fortes da Argentina hoje. Os times grandes não fizeram campanhas tão boas. Mas temos que respeitar sempre os argentinos. O Argentinos Juniors também faz uma boa campanha. Aqui no Brasil, o Cruzeiro demonstra que é um time que vem trabalhando há tempo, tem um grupo qualificado. Isso é importante: não trocar jogadores. Eles se conhecem bem, como acontece aqui. Não podemos deixar de lado o Fluminense, que ainda está forte da briga, e também o Santos, com jogadores muito qualificados. Vai ser boa a volta do Ganso, um dos principais jogadores do Santos, junto com o Neymar – comentou D’Ale.

O Inter deve fazer uma das melhores campanhas da primeira fase. Assim, é possível que enfrente algum dos argentinos já nas oitavas de final. Todos os times dos hermanos (Estudiantes, Vélez Sarsfield, Godoy Cruz, Argentinos Juniors e Independiente) correm o risco de avançar como segundo colocados em suas chaves.

veja também