MENU

Do cara para o cara: Neymar busca dicas com Ronaldinho para brilhar

Do cara para o cara: Neymar busca dicas com Ronaldinho para brilhar

Atualizado: Quinta-feira, 6 Outubro de 2011 as 10:07

Neymar é “o cara” da Seleção Brasileira . Principal aposta de Mano Menezes para a Copa do Mundo de 2014, o atacante do Santos carrega esse rótulo com muita naturalidade. E nos últimos três jogos, o garoto tem tido o apoio de um craque que já teve o mesmo status que ele tem hoje: Ronaldinho Gaúcho.

- Eu não sinto pressão. Fico muito feliz de estar sendo esse cara para Seleção Brasileira. Espero continuar jogando o mesmo futebol para que eu esteja muita bem quando a Copa do Mundo chegar – comentou Neymar, que vê em Ronaldinho um dos seus principais ídolos no futebol.

Neymar durante entrevista coletiva da Seleção na Costa Rica antes de amistoso (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

  Pentacampeão do mundo em 2002, o atacante do Flamengo sabe bem como é ser o centro das atenções. Em especial na Seleção Brasileira. Os holofotes o perseguem há alguns anos. Também não é à toa. Ronaldinho já foi eleito por duas vezes o melhor jogador do mundo em eleição da Fifa.

- Jogador com o Ronaldinho é sempre maravilhoso. Estou aprendendo muito. Ele foi o melhor do mundo duas vezes e espero ter muitas dicas para alcançar o mesmo sucesso que ele – falou o santista, que nos últimos três jogos, vitória sobre Gana e empate e triunfo sobre a Argentina, teve a companhia do ídolo.

Ronaldinho é a  referência de Neymar na atual

Seleção com Mano Menezes (Foto: Mowa Press)

  E não é só dentro de campo que Ronaldinho é o mentor de Neymar. Fora dele o craque do Flamengo também dá dica. Especialmente em como cuidar da saúde.

- O Ronaldinho já me deu muitas dicas de como fazer para ser um grande jogador, sobre o modo como tenho de me cuidar. Ele nunca teve uma lesão séria e é um exemplo para todos nós. Sempre que ele estiver na Seleção Brasileira vou querer aproveitar sua presença para me tornar um jogador melhor – contou Neymar.

A ideia de Mano Menezes para esses amistosos contra Costa Rica, na sexta-feira, em San José, e diante do México, no dia 11, em Torreon, era poupar Neymar de um deles, já pensando no desgaste do garoto para o Mundial de Clubes da Fifa. O Santos, como campeão da Libertadores, está na disputa. Mas ele quer jogar.

- Eu estou me sentindo bem. Estou sem problema. Estou descansado. Foram, sim, muitos jogos no ano (56), mas pela idade dá pra jogar mais – finalizou o atacante.

Dessas 56 partidas de Neymar no ano, 38 foram pelo Santos, sete pela Seleção Brasileira Sub-20 e 11 com Mano Menezes na equipe principal.          

veja também