MENU

Do goleiro ao centroavante: Inter tem time inteiro de desfalques

Do goleiro ao centroavante: Inter tem time inteiro de desfalques

Atualizado: Sábado, 6 Agosto de 2011 as 9:28

Um time inteiro, capaz de fazer campanha melhor do que a de muita gente no Brasileirão, e até alguns reservas. A soma de lesionados, suspensos e convocados no Inter forma uma escalação que vai do goleiro até o centroavante, passando por todos os setores do time, sem necessidade de improvisações. Com o elenco destruído por repetidas ausências, Osmar Loss quebra a cabeça na montagem da equipe que pega o Cruzeiro às 16h deste domingo, no Beira-Rio.

O time dos desfalques colorado tem goleiro. É Renan. Uma pancada no olho fez com que o jogador, reserva imediato de Muriel, ficasse fora do jogo contra a Raposa.

Também tem laterais. Alisson, buscado no Caxias, se lesionou antes de poder começar a mostrar alguma coisa no Beira-Rio. No lado esquerdo, Kleber está suspenso.

Tem zagueiros titulares. E até um para a reserva. Rodrigo, depois de ter embolia pulmonar, só deve voltar a jogar em 2012. Sorondo se recupera de cirurgia no joelho. Juan está a serviço da seleção brasileira sub-20.

Também sobram volantes para montar o Inter dos desfalques. O treinador imaginário poderia escalar Bolatti e Guiñazu, ambos em recuperação de lesões, e deixar Wilson Matias, suspenso, como reserva deles.

Para o meio, o negócio é mesclar experiência e juventude. Tinga, com desgaste físico, foi o último a engordar a lista de ausentes no Colorado. Oscar também está com a seleção sub-20.

No ataque, há duas boas opções para o time dos desfalques. Zé Roberto passou por cirurgia para correção de hérnia inguinal e só deve voltar a jogar dentro de dois meses. Gilberto se lesionou no Torneio de Munique e segue entregue ao departamento médico.

Renan, Alisson, Sorondo, Rodrigo e Kleber; Bolatti, Guiñazu, Tinga e Oscar; Zé Roberto e Gilberto. Sem poder escalar o time dos desfalques, Osmar Loss junta as peças que sobraram para a partida contra o Cruzeiro.

- Temos que buscar nosso caminho para a vitória. Precisamos pontuar no jogo de domingo e, de preferência, vencer. A gente continua trabalhando em cima dos jogadores que temos à disposição. Trabalhamos dentro do possível para ter um time homogêneo – disse ele.

O jeito é apelar para reservas e garotos. O Inter real, dos atletas que podem jogar, deve ir a campo com Muriel, Nei, Bolívar, Índio e Fabrício; Elton, Glaydson, Andrezinho e D’Alessandro; Jô (Dellatorre) e Leandro Damião.

veja também