MENU

Do império à república: Adriano é apresentado como reforço do Timão

Do império à república: Adriano é apresentado como reforço do Timão

Atualizado: Quinta-feira, 31 Março de 2011 as 1:14

Já vestido com o uniforme do Corinthians, Adriano apareceu no campo 3 do CT Joaquim Grava às 12h30m desta quinta-feira. Acompanhado de sua melhor amiga, a bola, sorriu e acenou para as câmeras. Mas não fez embaixadinhas. Depois, ele foi clicado com a diretoria corintiana e também com sua família (a mãe, Rosilda, o irmão, Thiago, e a avó Vanda). Em seguida, o atacante caminhou até a sala de imprensa. E lá falou pela primeira vez como jogador do Timão, na presença do ex-jogador Ronaldo, que lhe entregou a certidão da República Popular do Corinthians e uma camisa do time com os dizeres "do Império à República".   - O Ronaldo disse que aqui era uma família e eu achei por bem fechar com o Corinthians. Estou muito confiante naquilo que posso fazer. A mudança tem que vir da gente mesmo. Tenho que ter força de vontade para poder dar certo. No Roma eu não tive uma experiência muito boa, foram três lesões. Com certeza eu já aprendi com o que já fiz, e sofro até hoje com tudo isso. Qualquer coisa que faço parece que é o fim do mundo. Mas em grande parte disso eu sou o culpado - comentou Adriano, ciente de que não tem uma imagem muito positiva pelo que fez fora de campo.

Infeliz na Europa, o Imperador rescindiu seu contrato com o italiano Roma no último dia 8 de março. Com vontade de retornar ao Flamengo, esperou por uma proposta do Rubro-Negro. Prevaleceu, no entanto, a palavra do técnico Vanderlei Luxemburgo, que não o queria. O destino, então, foi o Corinthians.

A diretoria alvinegra tenta contratar Adriano desde novembro do ano passado. À época chegou a estar apalavrada com o atacante, mas o Roma não liberou. Com a rescisão do jogador no início do mês, o Corinthians voltou a negociar com o Imperador. E sem o interesse do Flamengo, tudo ficou mais fácil.

Principalmente porque Ronaldo, ex-jogador do Timão, agregou a 9ine, sua agência com outros empresários, no processo de negociação. Duas semanas atrás, Adriano esteve em São Paulo e se reuniu com o Fenômeno e seus pares. Gostou do que ouviu e seguiu negociação com o presidente Andrés Sanches.

- Eu vim aqui dar boas vindas ao meu amigo Adriano e entregar a certidão da República Popular do Corinthians. Que ele conquiste logo a Fiel que tudo será mais fácil - falou o Fenômeno.

Muito embora negue que tenha conversado todo esse tempo com o Imperador, Sanches esteve sempre à frente das negociações. E o resultado foi um contrato até junho de 2012, recheado de cláusulas contra a já conhecida indisciplina de Adriano. Foi um pedido do próprio atacante.

- É certo o Corinthians fazer isso. É uma tranquilidade para ele e uma responsabilidade a mais para mim – falou o Imperador.

- Tenho a honra de dar as boas vindas ao Adriano e à sua família - resumiu Sanches.

Ainda tratando de uma lesão no ombro direito, Adriano terá um tratamento especial nas próximas semanas. Tudo para que ele esteja em condições de estrear pelo Corinthians na primeira rodada do Campeonato Brasileiro. O debute do Timão será no dia 22 de maio, contra o Grêmio, no estádio Olímpico, em Porto Alegre.      

veja também