MENU

Dodô faz três, Vasco vence outra e fica próximo da semifinal do primeiro turno

Dodô faz três, Vasco vence outra e fica próximo da semifinal do primeiro turno

Atualizado: Segunda-feira, 1 Fevereiro de 2010 as 12

Após marcar três na goleada sobre o Botafogo por 6 a 0, Dodô repetiu a dose e fez os três na vitória do Vasco sobre o Friburguense por 3 a 0, na tarde deste domingo, dia 31, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, pela quinta rodada do grupo B da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Estadual. Com o triunfo, a equipe cruzmaltina está muito próxima da vaga à semifinal.

A classificação poderá ser alcançada de forma antecipada já na próxima quinta-feira, quando o Vasco, outra vez no Raulino de Oliveira, encara o Resende, às 18h30 (horário de Brasília). Com 15 pontos, na liderança isolada do grupo B, um triunfo basta para "carimbar" a vaga, independentemente dos outros resultados da chave.

No mesmo dia, mas no horário das 16h (de Brasília), o Friburguense recebe o América, no Estádio Eduardo Guinle, em Nova Friburgo. O time da Região Serrana, com quatro pontos, na sexta posição.

"Os gols foram importantes, conseguimos outra vitória, mas tenho que agradecer aos meus companheiros também. Eles que me ajudam a fazer os gols", salientou o jogador.

Ao contrário do que aconteceu nas partidas contra Botafogo e Macaé, o Vasco não começou impondo o seu ritmo diante do Friburguense. Desta maneira, a equipe da Região Serrana "deu as cartas" e incomodou o goleiro Fernando Prass.

Assista aos gols:

O Vasco, aos poucos, foi equilibrando ações. O time não deixou mais o Friburguense atacar, mas também não chegou ao gol do adversário. A primeira chance cruzmaltina surgiu apenas aos 29 minutos, numa bela jogada individual de Philippe Coutinho.

O lance do "menino de ouro" de São Januario parece ter "acordado" o Vasco. Dodô, aos 32, desperdiçou uma chance. Porém, aos 44 minutos, não teve jeito: o "artilheiro dos gols bonitos" cobrou falta e colocou o Vasco em vantagem.

O Vasco voltou para o segundo tempo com Robinho no lugar de Magno. Esta alteração já tinha sido programada antes mesmo da partida, mas o técnico Vagner Mancini preferiu antecipá-la já no intervalo em função de um incômodo muscular de Magno.

Com Robinho em campo, o Vasco ficou um pouco mais ofensivo e seguia melhor. Para facilitar ainda mais a vida da equipe cruzmaltina, o volante Bidão, que já tinha cartão amarelo, levou vermelho aos 14 minutos e deixou o Friburguense com a menos.

A partir daí, o Vasco, que já era dono da partida, não deu mais qualquer tipo de brecha para a reação do Friburguense. Com a "vida resolvida", o time cruzmaltino, nos minutos finais, fez mais dois gols com Dodô. No terceiro, a equipe da Região Serrana reclamou de impedimento e isso acarretou na expulsão do zagueiro Cadão.

veja também