MENU

Dois estilos e uma vaga: João Vitor e Chico disputam lugar de Assunção

Dois estilos e uma vaga: João Vitor e Chico disputam lugar de Assunção

Atualizado: Sexta-feira, 25 Março de 2011 as 9:30

Marcos Assunção pode até ter secado a fonte de gols (só fez um em 2011), mas ainda é uma das peças mais importantes da equipe do Palmeiras. Na vitória por 3 a 0 sobre o Linense, na quarta-feira, o volante levou o terceiro cartão amarelo e não vai enfrentar o Bragantino neste sábado. A partir daí, a dúvida surgiu na cabeça do técnico Luiz Felipe Scolari: quem será o substituto do camisa 20? Os candidatos são Chico e João Vitor.

- Vou examinar o time do Bragantino. Se eu tiver alguma dificuldade com o biotipo dos meus jogadores, aí pode entrar o Chico. Se eu perceber que posso ter mais velocidade na saída de bola, aí é o João Vitor. Vou examinar o time deles e aí terei a decisão – disse Felipão.     O estilo de jogo do Bragantino é baseado mais na força do que na técnica. O time de Bragança Paulista é o um dos que mais comete faltas na competição e costuma levar vantagem no jogo aéreo. Se quiser disputar no mesmo estilo do adversário, Chico deve ser o escolhido. Se optar por colocar a bola no chão e tentar superar a forte defesa com velocidade, João Vitor deve começar jogando.

Enquanto Felipão estuda o rival de sábado e se decide, a dupla treina e apresenta seus trunfos na briga pela vaga deixada por Assunção. Chico, marcador, vende seu peixe.

- Sou um jogador de muita marcação e o Felipão tem priorizado isso. Foi assim contra o Uberaba (goleada por 4 a 0 pela Copa do Brasil). Fiz a função de primeiro volante e acho que correspondi – avaliou.

João Vitor também tem suas armas.

- Acho que (a arma) é o trabalho. A gente treina no dia a dia para conquistar o espaço no time. Aqui no Palmeiras, todos são parceiros, não existe richa pela posição. Claro que tem a competitividade, mas um ajuda o outro e isso é o mais importante - disse João Vitor.     A dupla tem pontos em comum: ambos chegaram no início do ano e ainda buscam espaço no elenco do Palmeiras. Chico veio badalado do Atlético-PR e tinha a expectativa de ser titular já em seu início. A regularidade de Márcio Araújo, que jogou todas as partidas da temporada, adiou os planos do camisa 3. João Vitor, contratado junto ao Grêmio Prudente, veio para compor elenco. No entanto, agradou ao chefe todas as vezes em que foi solicitado.

- Ainda não tive uma sequencia, mas acho que fui bem nos jogos em que entrei. Fiz aquilo que o Felipão pediu e acredito ter correspondido - afirmou João.

Chico também tem moral com o chefe. Quando entra, cumpre o que é pedido e ajuda a defesa a segurar os avanços do adversário - principalmente quando o Palmeiras está vencendo.

- Todo jogo eu entro pelo menos em 10, 15 minutos, e tenho conseguido cumprir bem minhas funções. Estou correspondendo e isso é o mais importante - ressaltou Chico.

Hoje, Chico e João Vitor disputam a vaga de Marcos Assunção. Em um futuro próximo, porém, eles podem formar a dupla de volantes do Palmeiras com suas características complementares. A dupla chegou ao clube como aposta para arrumar o setor.

- Isso (jogar ao lado de Chico) a gente vai ver mais para frente. O Palmeiras tem grandes volantes, o Araujo tem ido muito bem, o Assunção é uma referência e ainda tem o Pierre voltando. Não fico pensando muito nisso. Claro que o objetivo é ser titular, mas o mais importante é ajudar o grupo - resumiu João Vitor.      

veja também