MENU

Ídolo no Grêmio, Gabriel tem meta pessoal em 2011: Seleção Brasileira

Ídolo no Grêmio, Gabriel tem meta pessoal em 2011: Seleção Brasileira

Atualizado: Quarta-feira, 23 Fevereiro de 2011 as 9:07

Indicado pelo técnico Renato Gaúcho, com quem havia trabalhado no Fluminense, Gabriel chegou ao Grêmio no segundo semestre de 2010 e logo tornou-se ídolo.

Lateral-direito que fez os gremistas matarem as saudades deixadas por Arce, paraguaio campeão da Libertadores em 1995 pelo clube, Gabriel conta com muito prestígio entre os tricolores.

E as boas atuações pelo Grêmio fazem Gabriel sonhar com o retorno à Seleção Brasileira. Em 2005 ele participou a vitória de 3 a 0 sobre a Guatemala, em amistoso.

Agora, a meta do jogador é chamar a atenção de Mano Menezes nesta temporada.

- Sempre foi assim, sempre tive esse sonho de ser convocado para a Seleção. É uma questão de opção, pois sempre temos bons jogadores aqui no mesmo nível e assim as coisas acontecem. Independentemente de ter oportunidade o Mano pode contar comigo - afirmou Gabriel.

Além da Seleção, Gabriel quer se tornar uma referência histórica para o Grêmio. Ainda vinculado ao grego Panathinaikos, ele torce pela prorrogação de seu empréstimo - que encerra-se em junho - ou até mesmo pela aquisição dos direitos pelos gaúchos:

- Quero manter o bom nível de futebol, mas o importante realmente é ganhar títulos e fazer história. Meu sonho atualmente é ser lembrado como exemplo e jogador do Grêmio.

Inserido nesta perspectiva otimista, Gabriel agradece a Renato Gaúcho pela oportunidade de trabalharem novamente juntos.

- O dia a dia com o Renato é ótimo. Além de respeitá-lo pelo jogador que foi, trabalhamos juntos em outra ocasião e nos demos muito bem. Fico feliz por ele contar comigo nessa empreitada que foi voltar ao time que o consagrou. Me sinto honrado, pois quero um dia ser lembrado como ele - disse.    

veja também