MENU

Dor insistente na coxa faz Valdivia parar por tempo indeterminado

Dor insistente na coxa faz Valdivia parar por tempo indeterminado

Atualizado: Quinta-feira, 28 Outubro de 2010 as 3:17

Valdivia está fora dos planos do Palmeiras por tempo indeterminado. Após ter deixado o gramado mais uma vez sentindo dores na coxa esquerda, no empate por 1 a 1 com o Atlético-MG, quarta-feira, pela Copa Sul-Americana, o chileno ficará em tratamento até que tenha totais condições de jogo. Nesta quinta-feira, no desembarque do elenco no Aeroporto de Congonhas, o médico Otávio Vilhena quebrou o silêncio e esclareceu o assunto. Não há previsão de retorno aos gramados para o meia.

- O Valdivia vai parar, tratar e voltar quando estiver bem. Não tem previsão. É o mesmo diagnóstico, e pelo menos nos próximos jogos ele está fora. O que importa é que ele vai parar e voltar quando estiver bem - afirmou Vilhena.

O jogador sofre com uma fibrose no local, que, em tese, não o impede de atuar. Afinal, não é uma lesão propriamente dita. No entanto, ele conseguiu ficar apenas 34 minutos em campo contra o Corinthians, domingo, e mais 18 contra o Galo. Bastante chateado pelo problema que insiste em incomodá-lo, Valdivia deixou o saguão do aeroporto dizendo que realmente não se sente bem.

- Sinto uma dor, então não estou me sentindo bem. E jogador tem de se sentir bem para jogar bem. Agora é descansar... Descansar, não. Recuperar para voltar bem. Jogador é assim, quer jogar sempre. E eu tentei - disse o chileno.

Ainda que não tenha previsão de retorno, Valdivia arrisca um prognóstico. Quer, pelo menos, ajudar o time no jogo de volta das quartas de final da Sul-Americana, daqui a duas semanas, quando o Atlético-MG visita o Verdão no Pacaembu.

- Vou tratar, vamos recuperar. Vou tentar voltar no jogo contra o Atlético - resumiu Valdivia.

Por: Diego Ribeiro

veja também