MENU

Dorival, sobre Neymar: 'Se fosse meu filho, convenceria a não sair do Brasil'

Dorival, sobre Neymar: 'Se fosse meu filho, convenceria a não sair do Brasil'

Atualizado: Quarta-feira, 18 Agosto de 2010 as 7:49

Depois de Pelé, Zagallo e do técnico da Seleção Brasileira, Mano Menezes, chegou a hora de Dorival Júnior, técnico do Santos, aconselhar Neymar a permanecer na Vila Belmiro. O garoto vem sendo fortemente assediado pelo Chelsea, que lhe oferece um salário milionário e cinco anos de contrato. Por outro lado, o Peixe tenta segurar o jogador de todas as formas, oferecendo um plano de carreira, com aumentos sucessivos de salário.

Dorival diz até que, se fosse pai de Neymar, faria questão de mantê-lo no Brasil por mais um tempo. O treinador acha que o garoto é muito novo e que se tranferir para o futebol inglês, neste momento, seria uma aventura.

- Se fosse meu filho, eu convenceria a abrir mão de uma saída prematura. Ficando no Brasil por mais um ano e meio, dois anos, ele vai adquirir mais base, teria um crescimento profissional e poderia sair mais alicerçado, com possibilidade real de permanência na Europa. Saindo agora, ele corre o risco de voltar em bem pouco tempo, como temos visto acontecer - afirmou Dorival.

A diretoria santista se mantém em contatos com os representantes do jogador, tentando convencê-los a deixar o garoto no Brasil por mais tempo. A retórica é a mesma do técnico.

veja também