MENU

Douglas pede o fim do marasmo com a recuperação da atitude

Douglas pede o fim do marasmo com a recuperação da atitude

Atualizado: Sábado, 26 Março de 2011 as 9:44

Funcionou a cobrança generalizada do grupo profissional do Grêmio. Presidente, dirigentes do departamento de futebol e o técnico Renato Gaúcho pediram aos jogadores mais atitude. A ideia é recuperar o comportamento da temporada passada, quando o Grêmio deixou a zona de rebaixamento e finalizou o Brasileirão no 4º lugar.

Depois das reuniões de mobilização, o Grêmio disputou dois jogos. Venceu o Porto Alegre por 3 a 0 e o Inter-SM por 6 a 0 - nove gols marcados, nenhum sofrido, e o retorno da 'pegada' exigida. Para o meia Douglas, o Grêmio precisa jogar assim, sempre acima de 100 quilômetros por hora.

- Nós jogadores conversamos sobre isso, a gente sabe que não pode entrar em campo com aquele marasmo. Estamos devendo um pouquinho, e conversando o bastante para não ter esse tipo de problema. Vamos mudar essa vontade, porque ano passado a gente jogava dessa forma, pressionando a todo momento, a 100 por hora, 120 - disse o meia.

Douglas não sabe, entretanto, o que motivou a queda na atitude dos jogadores:

- Não sei te dizer. Tivemos uma sequência boa, começamos bem, e acabamos entrando nesse marasmo. Isso fez o time perder a força, perder a confiança. Precisamos focar no trabalho de novo e trabalhar forte sempre para estar bem nos jogos. Treinar forte para jogar forte.   Globo Esporte

veja também