MENU

Duelo de estilos marca o clássico de tricolores no estádio do Morumbi

Duelo de estilos marca o clássico de tricolores no estádio do Morumbi

Atualizado: Quarta-feira, 31 Agosto de 2011 as 9:11

De um lado, um time que não tem referência fixa na área e, por isso, aposta todo o seu jogo na velocidade e na troca rápida de passes. De outro, uma equipe que, contando com dois especialistas pelo alto, tem nessa jogada a sua melhor qualidade. 

Esse "duelo de estilos" é o destaque do pega entre São Paulo e Fluminense, que abre para os dois times o segundo turno do Campeonato Brasileiro. Os números mostram bem a caracteristica de cada um. O Fluminense é a equipe que mais levantou bolas na área até agora no torneio (318), enquanto o São Paulo é quem menos usa essa jogada (190 cruzamentos no primeiro turno). Os últimos três gols cariocas foram pelo alto, enquanto os últimos seis tentos paulistas foram por baixo.

Dagoberto e Fred fazem duelo de artilheiros nesta quarta-feira (Foto: Editoria de Arte/Globoesporte.com)

  Para os paulistas, a vitória poderá até significar a liderança da competição, dependendo dos resultados de Corinthians e Flamengo. Para os cariocas, uma vitória servirá para afastar a pressão em cima do técnico Abel Braga, que vem sendo muito criticado por ainda não ter conseguido dar um padrão tático ao time.

A partida terá arbitragem de Elmo Alves Rezende da Cunha (Fifa/GO), auxiliado pelo paranaense Roberto Braatz e pelo goiano Cristhian Passos Sorence. O Premiere, pelo sistema Pay-per-view, transmite a partida ao vivo para todo o Brasil. O GLOBOESPORTE.COM acompanha todos os lances em Tempo Real.

São Paulo:  o time entra em campo para mudar a história mostrada no primeiro turno, quando deu alguns vacilos jogando como mandante. Com uma vitória, pode até terminar a rodada na liderança do Campeonato Brasileiro. Para isso, além de vencer, precisa torcer para que Corinthians e Flamengo não vençam Grêmio e Avaí, respectivamente.

Fluminense: no meio da tabela, na 11ª posição, com 25 pontos, o Fluminense busca, antes de tudo, voltar a vencer após duas rodadas. Com o empate com o Vasco e a derrota para o Botafogo, o time se viu distante do G-4 – tem nove pontos a menos que o próprio Bota – e a zona de rebaixamento está mais próxima – está a sete pontos do Atlético-PR. Sendo assim, vencer é emergencial para poder voltar a pegar a calculadora e traças metas no Brasileirão.

São Paulo:  o técnico Adilson Batista não poderá contar com Piris, convocado para a seleção paraguaia e Carlinhos Paraíba, suspenso. No lugar do primeiro, Jean será o escolhido. Na vaga do segundo, a dúvida está entre Rivaldo e Henrique. Se o veterano ganhar a chance, Lucas formará dupla de ataque com Dagoberto. Se Henrique for o escolhido, Lucas será recuado para o meio e o garoto jogará ao lado do camisa 25. O time deve jogar com: Rogério Ceni; Jean, João Filipe, Rhodolfo e Juan; Wellington, Casemiro, Cícero e Rivaldo (Henrique); Lucas e Dagoberto.

Fluminense: sem Rafael Moura, suspenso, Ciro é a novidade no ataque, ao lado de Fred. No meio-campo, outra cara nova, só que por precaução: Fernando Bob entra na vaga de Souza e deixa a equipe com três volantes. Setor mais criticado nos últimos jogos, a defesa permanece intacta, com Gum e Marcio Rosário. O Flu deve ir para campo com Diego Cavalieri, Mariano, Gum, Marcio Rosário e Carlinhos; Edinho, Diogo, Fernando Bob e Lanzini; Ciro e Fred.

São Paulo:  Bruno Uvini, Luiz Eduardo, Fernandinho, Luis Fabiano e Denilson (machucados, sendo que o quarto ainda não reestreou pelo time do Morumbi); Piris (convocado para a seleção paraguaia) e Carlinhos Paraíba (suspenso). Fluminense: além de Rafael Moura, suspenso, o time tem cinco desfalques por lesão. Valencia, Diguinho, Matheus Carvalho, Araújo e Deco estão no departamento médico e não têm previsão de volta.

São Paulo:  Wellington, Juan e Dagoberto Fluminense: Diego Cavalieri, Digão, Edinho, Fred, Gum e Leandro Euzébio.

São Paulo:  depois de algumas partidas de irregularidade, Lucas cresceu de produção nas últimas duas partidas, marcando gols contra Ceará e Santos. O Fluminense lhe traz ótimas recordações, já que foi contra o rival carioca, em São Januário, que ele marcou um belo gol na abertura do Campeonato Brasileiro.

Fluminense: titular novamente depois de 11 partidas, Ciro é a aposta de Abel Braga para dar velocidade ao ataque do Fluminense. Quarta opção do treinador, ele se beneficiou das lesões de Araújo e Matheus Carvalho, e da suspensão de Rafael Moura, para retornar ao time e terá que mostrar serviço.

  São Paulo: Cícero (meia do São Paulo): "Temos de buscar esta regularidade dentro de casa. Conseguimos bons resultados como visitante e temos de fazer prevalecer o mando de campo. Acredito que vamos começar bem este segundo turno. Demos mole em alguns jogos. Estamos focados para o segundo turno, vamos tentar repetir a vitória contra o Ceará no Morumbi."

Diego Cavalieri (goleiro do Flu): “O conjunto todo do São Paulo é muito forte. O goleiro bate muito bem falta, tem o Dagoberto, Casemiro, Rivaldo... O Lucas não é o único. É sempre complicado jogar contra eles no Morumbi” .

* Quem venceu mais? Confira o histórico do confronto na Futpédia. * Fluminense e São Paulo já se enfrentaram em 44 oportunidades pelo Campeonato Brasileiro, e a vantagem é ampla para o time paulista. São 24 vitórias, 10 empates e apenas 10 derrotas, com 63 gols marcados e 43 sofridos.

* Em 2010, Fluminense e São Paulo protagonizaram jogo polêmico na antepenúltima rodada do Brasileirão. Na ocasião, a torcida são-paulina "cobrou" que sua equipe entregasse a partida para prejudicar o Corinthians, que brigava com os cariocas pelo título. No fim das contas, o Flu venceu por 4 a 1 e ultrapassou o Timão, que tropeçou diante do Vitória, em Salvador.

* Em 2008, Tricolores do Rio e de São Paulo se enfrentaram pelas oitavas de final da Taça Libertadores da América, e o Fluminense levou a melhor em confronto histórico. Após perder por 1 a 0 no Morumbi, gol de Adriano, o time de Renato Gaúcho fez 3 a 1 no Maracanã, com direito a gol salvador de Washington no último lance da partida.

Pela primeira rodada do Brasileirão, o São Paulo derrotou o Fluminense por 2 a 0, em partida realizada no dia 22 de maio deste ano, em São Januário. Na ocasião, Lucas e Dagoberto marcaram os gols da fácil vitória paulista sobre um adversário ainda arrasado pela eliminação na Taça Libertadores e sob o comando do interino Enderson Moreira.              

veja também