MENU

Ecclestone admite temor com atraso das obras para o GP da Coreia do Sul

Ecclestone admite temor com atraso das obras para o GP da Coreia do Sul

Atualizado: Segunda-feira, 27 Setembro de 2010 as 11:40

Bernie Ecclestone, chefe comercial da Fórmula 1, admitiu que está preocupado com o atraso das obras para a construção do autódromo em Yeongam, que receberá o GP da Coreia do Sul no próximo dia 24 de outubro. A corrida está sob dúvidas há meses, apesar dos organizadores garantirem que o circuito ficará pronto a tempo da corrida. Eles estiveram em Cingapura para marcar uma nova inspeção na pista, já que a combinada para o dia 21 de setembro acabou cancelada.

- Até que esteja todo mundo lá ainda há dúvida, obviamente. Precisamos ter sorte e espero que isso aconteça. É claro que não é bom. A inspeção foi realizada seis semanas atrás, mas o circuito não foi aprovado. Marcamos outra e normalmente temos uma checagem 90 dias antes, mas abrimos mão neste caso. É um pouco perigoso o que fizemos, mas precisamos ter certeza para cancelar ou não a corrida - diz Ecclestone.

 

De acordo com o site da revista inglesa "Autosport", a inspeção final deve ser realizada na semana seguinte ao GP do Japão, no dia 11 de outubro. Karun Chandhok fez uma demonstração com o carro da RBR no início de setembro, mas as imagens comprovaram o atraso na construção.

veja também