MENU

Ecclestone ignora Schumacher e aponta Vettel como favorito

Ecclestone ignora Schumacher e aponta Vettel como favorito

Atualizado: Terça-feira, 29 Dezembro de 2009 as 12

Em meio a tantos alemães que devem guiar carros de ponta na próxima temporada, o detentor dos direitos comerciais da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, prevê que um piloto do país será campeão mundial. Porém, para o dirigente o nome dele não passa pelo de Michael Schumacher, que retorna às pistas após três anos de ausência, e sim pelo de Sebastian Vettel.

Em 2010, a Mercedes-Benz volta a batizar uma equipe da categoria depois de 55 campeonatos e escala logo dois pilotos da Alemanha, Schumacher e Nico Rosberg. Fora eles, mais um talentoso representantes da nação, Vettel, competirá na Red Bull, atual vice-campeã de construtores, e é favorito ao título segundo Ecclestone. ''Meu prognóstico: Vettel será o próximo campeão do mundo'', sentenciou em entrevista nesta terça-feira ao diário germânico Bild.

Desse modo, o britânico ignorou a teórica falta de experiência que pode pesar contra Vettel. Aos 21 anos de idade, ele terá concorrentes como Jenson Button, nascido em 1980, Fernando Alonso (em 1981), Lewis Hamilton (em 1985) e Schumacher (em 1969).

Todos os citados, aliás, já ganharam ao menos um título e formarão um grid famoso que deixará Ecclestone ''muito feliz''. ''Teremos quatro campeões ou ex-campeões nas pistas. Não recordo quando aconteceu algo assim'', vibrou. A última vez em que tantos campeões se encararam na Fórmula 1 foi em 1999, quando Mika Hakkinen, Damon Hill, Jacques Villeneuve e Schumacher já haviam sido consagrados. Naquele ano, o finlandês ainda faturaria o bi pela McLaren.

veja também