MENU

Ecclestone se mostra contrário ao uso de motores ecológicos na Fórmula 1

Ecclestone se mostra contrário ao uso de motores ecológicos na Fórmula 1

Atualizado: Quinta-feira, 17 Março de 2011 as 2:26

Chefe comercial da Fórmula 1, Bernie Ecclestone mostrou-se contrário ao uso de motores ecológicos nos carros a partir da temporada 2013. Apesar das críticas que o atual modelo recebe e da posição favorável do presidente da FIA (Federação Internacional de Automobilismo), Jean Todt, o empresário foi categórico ao afirmar que a mudança será prejudicial para a modalidade.

- Eu sou muito, muito, muito, muito contra a mudança para um motor menor. Essas mudanças não têm nada a ver com o mundo da Fórmula 1. Elas teriam um custo muito alto ao esporte. Tenho certeza que os promotores perderiam em audiência e nós ficaríamos sem cobertura de TV – disse.

Ecclestone credita essa possível perda de visibilidade à diminuição do ruído, já que os novos motores seriam menos potentes. Para o inglês, o barulho é um dos maiores atrativos do esporte, e sua ausência decepcionaria os fãs.

- Eu não vejo razão para o uso do motor. Tivemos o Kers e isso supostamente deveria ter resolvido o problema de que a Fórmula 1 não é verde. Eu venho falando com várias pessoas de diferentes estilos ao redor do mundo, e acho que só tem duas coisas importantes na Fórmula 1: uma delas é a Ferrari; a outra é o ruído do motor. Pessoas que nunca foram a uma prova respondem que gostam do motor quando vão a uma – disse.      

veja também