MENU

Elias curte 'dia de Ronaldo' após vitória no clássico

Elias curte 'dia de Ronaldo' após vitória no clássico

Atualizado: Segunda-feira, 23 Agosto de 2010 as 4:54

Vencer o São Paulo ganhou um sabor todo especial para a torcida do Corinthians nos últimos anos. Quando o volante Elias está em campo, a Fiel já pode começar a comemorar. Autor de dois gols na vitória por 3 a 0 sobre o Tricolor, domingo, no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro, o meio-campista vive nesta segunda-feira mais um dia de herói depois de outra exibição de gala contra o rival. Desde que chegou ao Parque São Jorge, após o Paulistão de 2007, Elias acumula números expressivos diante do São Paulo. Em seis partidas, foram cinco vitórias e apenas um empate, além de quatro gols marcados. Tudo que os alvinegros sempre sonharam depois de o doloroso rebaixamento para a Série B.

- Um amigo me ligou e pediu para que eu não aprontasse nada contra o São Paulo de novo. Não deu (risos) – contou.

O jogador só não conseguiu realizar um desejo: marcar três gols e ter o direito de pedir uma música durante a exibição dos lances no programa Fantástico, da Rede Globo. A canção já estava até escolhida e seria “O povo quer paz”, do grupo de pagode Marka Registrada, empresariado por ele e liderado pelo irmão Flávio.

- Eu queria ter feito três para pedir a música. Eu vinha sentindo dores na coxa desde sexta-feira e achei melhor não forçar. Depois do jogo, saí para jantar com o Roberto Carlos e só vi os gols hoje pela manhã. Mas não gosto de me iludir com os elogios. Não dá tempo. Quarta tem outro jogo – acrescentou, lembrando do duelo frente ao Cruzeiro, em Uberlândia.

Mais uma vez em alta e agora sonhando com a Seleção Brasileira, Elias curte também o dia de artilheiro. Nesta temporada, ele havia marcado dois gols na estreia alvinegra na Libertadores, contra o Racing-URU, no Pacaembu. Além dele, o também volante Jucilei fez o outro que coroou o triunfo sobre o Tricolor. Saudade de Ronaldo? Por enquanto, não!

- Enquanto o Ronaldo não volta, vamos resolvendo. Os gols estão saindo e temos que aproveitar esse momento – completou.

  Por Carlos Augusto Ferrari São Paulo

veja também