MENU

Em busca da trinca, Cruzeiro recebe o Grêmio

Em busca da trinca, Cruzeiro recebe o Grêmio

Atualizado: Quarta-feira, 6 Julho de 2011 as 9:54

Joel quer sua terceira vitória para manter o bom

humor (Foto: Fernando Martins/Globoesporte.com)

  O equilíbrio sempre marcou o duelo entre Cruzeiro e Grêmio. E para o confronto desta quarta-feira, às 19h30m (de Brasília), na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, a promessa é de mais um jogo equilibrado, já que um time vem embalado por duas vitórias e o outro tem a motivação renovada com a chegada do novo treinador.

As duas equipes são conhecidas por serem times competitivos e antes do início do Campeonato Brasileiro eram apontadas pelos especialistas como possíveis protagonistas. Mas o início da disputa não foi nada animador, tanto para os mineiros quanto para os gaúchos.

Em menos de oito rodadas, os dois times já trocaram seus treinadores. A Raposa trocou Cuca por Joel Santana e a mudana já surtiu efeito. A Raposa conheceu suas duas primeiras vitórias sob a batuta do novo treinador.

O Tricolor gaúcho terá a estreia do técnico Julinho Camargo, que substitui o ídolo Renato Gaúcho. A aposta dos gremistas é de que o exemplo cruzeirense se repita e que a equipe, enfim, deixe a má fase para trás.     A arbitragem ficar por conta do paulista Wilson Luiz Seneme, que será auxiliado pelo também paulista Emerson Augusto Carvalho e pelo baiano Alessandro Rocha de Matos.

O SporTV transmite o jogo, ao vivo, para todo o país, menos para Minas Gerais, que poderá acompanhar através do sistema Pay Per View. O GLOBOESPORTE.COM traz a cobertura completa, em Tempo Real e com vídeos exclusivos, a partir das 19h.

Cruzeiro: na décima colocação com nove pontos ganhos, a Raposa espera fazer o dever de casa contra a equipe gaúcha. O objetivo do técnico Joel Santana é que o time mineiro se aproxime o mais rápido possível do G-4.

Grêmio: Julinho Camargo precisa dar indícios à torcida de que a diretoria acertou em contratá-lo para substituir o maior ídolo da história tricolor. Como auxiliar de Falcão no Inter, foi bastante elogiado pelas ideias modernas de futebol. Considerado um estrategista, terá de se adaptar ao imediatismo que cobra resultados mesmo com pouco tempo de treinos.

Cruzeiro: o técnico Joel Santana não poder contar com os zagueiros Victorino e Léo. O primeiro disputa a Copa América pela seleção do Uruguai. Já o segundo, com estiramento na coxa esquerda, está entregue ao departamento médico. Além dele, o lateral/meia Gilberto, em fase final de recondicionamento físico por conta de uma lesão na panturrilha, também desfalca o Cruzeiro. O treinador vai repetir pela primeira vez a equipe na competição. O time entra em campo com Fábio; Vítor, Gil, Naldo e Diego Renan; Marquinhos Paraná, Leandro Guerreiro, Fabrício e Montillo; Wallyson e Thiago Ribeiro.

Grêmio: Julinho Camargo definiu a escalação, mas não vai divulgá-la. Uma dúvida está no ataque, já que Miralles e Leandro brigam por uma vaga. O novo treinador não poder contar com Douglas e Willian Magrão, que cumprem suspensão. Fernando está com a Seleção Brasileira Sub-20. Rodolfo, Lúcio e Adilson recuperam-se de lesões, além de Gabriel e Neuton, o primeiro fora por um problema de documentação, enquanto o outro negocia com o Udinese, da Itália. No 4-4-2 em duas linhas, o time provável tem Marcelo Grohe; Mário Fernandes, Saimon, Rafael Marques e Bruno Collaço; Gilberto Silva, Fábio Rochemback, Marquinhos e Escudero; Leandro (Miralles) e André Lima.

Cruzeiro: Victorino, servindo a seleção uruguaia na Copa América, além de Léo e Gilberto, machucados.

Grêmio: Douglas e Willian Magrão estão suspensos, enquanto Rodolfo, Lúcio e Adilson estão se recuperando de lesões. Já Fernando está com a Seleção Brasileira Sub-20, enquanto Gabriel tem problemas em sua documentação, por isso ficou em Porto Alegre. A lista de problemas se completa com Neuton, que negocia transferência para a Udinese, da Itália.

Cruzeiro: Gil, Gilberto e Thiago Ribeiro.

Grêmio: Fernando, que não viajou com a delegação.

Cruzeiro: o meia Montillo vem sendo o fiel da balança no Cruzeiro. Artilheiro da equipe no Brasileiro, com quatro gols, o meia é o diferencial do time celeste. Quando atua mal, toda a equipe o acompanha, o mesmo ocorre quando o argentino está em seus melhores dias.

Grêmio: o volante pentacampeão mundial com a Seleção Brasileira, Gilberto Silva, estreia pelo Grêmio logo em Minas Gerais, seu estado natal, e contra o Cruzeiro - rival das equipes que defendeu, o América e o Atlético. Após dez anos no futebol europeu, ele espera se readaptar rapidamente ao estilo de jogo brasileiro.

Joel Santana, técnico do Cruzeiro: 'Vem aí uma escola gaúcha, que é uma escola de marcação forte. É um time em que houve uma mudança de comando, que passou por um momento difícil. Mas temos que pensar no nosso foco, que são os três pontos'.

Julinho Camargo, técnico do Grêmio: 'O Cruzeiro vem de duas boas vitórias, joga em casa, é um enfrentamento muito difícil, estamos sem o Magrão e o Douglas, dois jogadores muito importantes. Mas o feedback da moçada foi muito bom'.

* Quem venceu mais? Confira o histórico do confronto na Futpédia. * Cruzeiro e Grêmio se enfrentaram 39 vezes pelo Campeonato Brasileiro, desde 1966. Foram 17 vitórias do Cruzeiro, 12 empates e dez vitórias do Grêmio. O Cruzeiro marcou 53 gols e sofreu 39.

* Foram 25 confrontos disputados em Minas Gerais, 22 deles no Mineirão, dois no Independência e um na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, com 19 vitórias do Cruzeiro, três empates e três vitórias do Grêmio. O Cruzeiro marcou 51 gols e o Grêmio 20.

* Em Minas Gerais, pelo Campeonato Brasileiro, foram 17 partidas, com 13 vitórias do Cruzeiro, três empates e apenas uma vitória do Grêmio. O time mineiro marcou 37 gols e sofreu 13.

* Cruzeiro e Grêmio decidiram a Copa do Brasil de 1993. Após o empate por 0 a 0 em Porto Alegre, o Cruzeiro bateu o Grêmio por 2 a 1, em Belo Horizonte, e conquistou a Copa do Brasil pela primeira vez. As duas equipes, com quatro conquistas cada, são os recordistas de títulos na competição.

*Esta é a quarta partida do Cruzeiro como mandante neste campeonato. Jogando em casa, a equipe mineira venceu o Coritiba e empatou com Palmeiras e Santos.

* Já o Grêmio atuou três vezes como visitante neste Brasileiro, vencendo o Atlético-PR (1 a 0) e perdendo para São Paulo (1 a 3) e Botafogo (1 a 2).

Os dois times se enfrentaram pela última vez em outubro do ano passado, pelo segundo turno do Brasileirão. Na partida em Porto Alegre, os donos da casa levaram a melhor e venceram de virada, por 2 a 1. Montillo abriu o placar para o time mineiro, mas Júnior Viçosa e Jonas sacramentaram a virada gaúcha.          

veja também