MENU

Em clima de vida nova, Thomás mira Libertadores: Estou querendo muito

Em clima de vida nova, Thomás mira Libertadores: Estou querendo muito

Atualizado: Quarta-feira, 21 Dezembro de 2011 as 11:19

Na virada do ano, Thomás vai parar para ver o brilho dos fogos de artifício no céu e agradecer. Campeão da Copinha em 2011, contrato ampliado até 2016, promovido ao time profissional do Flamengo, titular em quatro jogos do Brasileirão. Muitos motivos para festejar uma temporada de crescimento e a chegada de um 2012 promissor. Ele também vai pedir. Vitórias expressivas, títulos e uma Libertadores de sucesso, a primeira da carreira.

Thómás despontou em 2011: título da Copinha e titular do time de cima (Foto: Guilherme Pinto / Globo) - Só tenho a agradecer pelo que aconteceu em 2011. A subida para o time profissional foi muito importante para o meu crescimento. As coisas aconteceram rápido, fui assimilando aos poucos, com apoio da família, meus companheiros conversaram muito comigo. O ano de 2012 tem tudo para ser melhor, vamos jogar a Libertadores e pretendemos ganhar. Espero fazer uma grande Libertadores. Estou querendo muito.

Antes da disputa continental, Thomás terá a Copa São Paulo de Futebol Júnior. O meia-atacante e o volante Muralha vão reforçar a equipe que defenderá o título. O técnico Paulo Henrique já disse que a dupla será a referência. - Começamos este ano ganhando a Copinha, algo que o clube buscava desde 1990, quando foi campeão pela primeira vez. Agora, Muralha e eu somos referência. Temos participado bastante dos treinos dos profissionais, participamos da reta final inteira. Vamos para a Copinha em busca do bi e para ajudar quem está lá também. É uma tentatriva de conquistar um bicampeonato inédito, que todo mundo espera bastante no clube.

Os treinos para a competição começaram na manhã de segunda-feira, na Gávea. A equipe está no Grupo I. São Carlos, Aquidauanense-MS e União São João-SP completam a chave, que tem sede em São Carlos. Atual detentor do título, o Rubro-Negro estreia no dia 3, contra o Aquidauanense-MS, às 21h. A viagem para o interior paulista será na véspera.

- Vamos contribuir com o aprendizado, porque é muito diferente virar profissional no maior clube do Brasil e do mundo. Acho que sou bem mais experiente agora, apesar de ser jovem. Vivi algumas coisas importantes. Aprendi muito com o Vanderlei (Luxemburgo), com os jogadores. Espero ser útil.

A paciência fez parte do aprendizado com o treinador. Houve um momento em que Luxa chegou a se arrepender por apostar tanto no garoto. Foi após a derrota por 2 a 0 para o Coritiba, no Paraná, na 34ª rodada do Brasileiro. Na ocasião, Thomás foi substituído ainda no primeiro tempo para a entrada do volante Willians.

- Acho que o Vanderlei sabe o que faz. Deixei de ser titular naquele jogo para continuar crescendo, ele fez isso para preservar, para eu não ficar sob uma pressão muito grande. Preferiu colocar sobre os mais experientes. Mas sempre me cobrei muito também. Acho que desde o momento em que você sobe para o profissional tem de estar preparado para tudo. Comigo foi tranquilo, os jogadores sempre me deixaram à vontade para treinar e jogar.

Deivd, Thiago Neves, Ronaldinho e Thomás: aprendizado para o garoto (Foto: Livia Villas Boas/AGIF/AE) Libertadores e altitude: novidades

Na primeira Libertadores da carreira, Thomás terá de enfrentar a altitude. O Flamengo estreia na primeira fase da competição contra Real Potosí, da Bolívia, num confronto a 4.000 metros acima do nível do mar.

- A Libertadores já é uma novidade, e a altitude ainda mais. Não sei o que vai ser. Só posso dizer que estou muito feliz por participar dessa competição. Vai ser uma experiência incrível na minha carreira.

Thomás e Muralha vão conviver com a rotina de viagens entre o interior de São Paulo e do Paraná nos primeiros dias do ano. Os profissionais se reapresentam para a pré-temporada no dia 3, dia da estreia dos garotos na Copinha. O embarque para Londrina será na noite do dia 4. Assim como ocorreu neste ano, o técnico pretende usar os mais jovens nos treinos e amistosos quando eles não estiverem em campo pela base.

- Dá para conciliar. Vamos para a Copinha e quando o professor precisar vamos para Londrina. Estamos à disposição. Nosso grupo é muito forte, e a diretoria trabalha para trazer novas peças.

A partir do dia 16, a delegação vai iniciar a adaptação em Sucre, na Bolívia. A decisão da Copa São Paulo está marcada para o mesmo dia do primeiro jogo na Libertadores. Além disso, há um compromisso pelo Campeonato Carioca. A primeira partida do Flamengo será contra o Bonsucesso, dia 21. Por conta da disputa sul-americana, Luxemburgo vai usar uma equipe reserva.          

veja também