MENU

Em comunicado à Conmebol, CBF lamenta 'caso isolado' de racismo

Em comunicado à Conmebol, CBF lamenta 'caso isolado' de racismo

Atualizado: Quarta-feira, 26 Janeiro de 2011 as 8:40

A CBF divulgou nesta terça-feira um comunicado oficial em seu site afirmando que entrou em contato com a Conmebol para reclamar das ofensas racistas sofridas por Diego Maurício, domingo, durante a partida entre Brasil e Bolívia pelo Sul-Americano Sub-20 Moquegua, no Peru. Para a CBF, a atitude foi  de um "pequeno grupo de torcedores" e um "caso isolado" na competição.

No comunicado, a CBF não culpa o povo peruano pelas ofensas a Diego Maurício e reclama apena dos torcedores que imitaram sons de macaco quando o atacante do Flamengo pegava na bola. Confira abaixo o texto publicado no site oficial da CBF:

"A CBF enviou comunicado à Conmebol em que se posiciona sobre o episódio de racismo do qual foi alvo o jogador Diego Maurício na partida Brasil x Bolívia, na cidade de Moquegua, feita por um pequeno grupo de torcedores.

A CBF deixa patente no comunicado sua certeza de que a manifestação configurou um fato isolado, que não expressa a posição clara de repúdio a tal prática adotada tanto pela Conmebol quanto pela Federação Peruana de Futebol e, principalmente, pelo povo peruano, que sempre se mostrou respeitoso às diferenças e certamente não tolera ato tão condenável.

Dessa forma, e ressaltando que a manifestação não passou de um fato isolado, a CBF reitera a confiança de que a disputa do Sul-Americano Sub-20 do Peru continuará sendo realizada dentro das melhores práticas de convívio social e esportivo."

veja também