MENU

Em duelo de carecas, Slater dá o troco em ex-algoz português nas semifinais

Em duelo de carecas, Slater dá o troco em ex-algoz português nas semifinais

Atualizado: Quarta-feira, 9 Março de 2011 as 9:19

Kelly Slater queria descansar antes das semifinais e esperar que o mar em Snapper Rocks melhorasse. Pedido atendido, teve mais de três horas para se preparar - de camiseta branca estaria um de seus maiores carrascos no Circuito Mundial: o português Tiago Pires. "Saca" exibiu, durante a semana, um novo visual. Mas, mesmo careca como Slater, não conseguiu segurar o americano e se despediu da etapa de abertura, na Gold Coast australiana, com uma combinação.

Foi a primeira vitória de Slater nos últimos quatro confrontos diretos. Tiago levou a melhor em Bali-2008, Hossegor-2009 e Imbituba-2010.

A final será contra o australiano Taj Burrow, que ofuscou o sul-africano Jordy Smith, vice-campeão mundial do ano passado. Defensor do título da etapa, Taj, com quatro manobras, arrancou 9,23. Acrescentou um 8,33 na soma e deixou o sul-africano em combinação.

No primeiro segundo da bateria, Slater entrou voando em uma onda, com um floater. Parte do público, assistindo a tudo bem de pertinho, na água, aplaudiu: nota 8,67. O carequinha português tentou abrir um leque de rasgadas em uma onda mediana para abrir seu somatório - 4,50.

Slater foi atrás e adicionou outra nota alta em sua soma: 8,10. O português tentava, sem muito sucesso, fazer o mesmo. E se estava difícil pegar a onda da série, o jeito era ousar nas manobras. Na metade da bateria, decolou em uma direita, mas perdeu o pouso em um floater. Estava em combinação, a "goleada" no surfe. Precisava de uma soma de 16,78 pontos.

Depois, foi a vez de Slater voar. Deu um alto aéreo, mas caiu, a cinco minutos do fim. A Tiago, restava tentar sair da combinação. Mas nem isso conseguiu. O português se despede na terceira colocação do ranking.

Semifinais:

1. Kelly Slater (EUA) 16,77 x 8,20 Tiago Pires (POR)

2. Taj Burrow (AUS) 17,56 x 11,40 Jordy Smith (AFS)

  Quartas de final:

1. Kelly Slater (EUA) 15,40 x 9,06 Dusty Payne (HAV)

2. Tiago Pires (POR) 14,64 x 14,40 Matt Wilkinson (AUS)

3. Taj Burrow (AUS) 17,30 x 11,60 Brett Simpson (EUA)

4. Jordy Smith (AFS) 13,03 x 9,95 Alejo Muniz (BRA)      

veja também