MENU

Em homenagem, governador do Havaí cria o 'Andy Irons Day'

Em homenagem, governador do Havaí cria o 'Andy Irons Day'

Atualizado: Segunda-feira, 14 Fevereiro de 2011 as 9:50

O surfista Andy Irons, morto em novembro do ano passado, recebeu mais uma homenagem póstuma. Neil Abercrombie, atual governador do Havaí, declarou o dia 13 de fevereiro como "Andy Irons Day". As informações são do site de biquínis de Lyndie, viúva da lenda do surfe.

- O governador do Havaí declarou que o dia 13 de fevereiro será para sempre o “Andy Irons Day”. Sempre e para sempre nos nossos corações. Nós te amamos – diz o site.

No dia 31 de outubro, Andy Irons deixou Porto Rico - onde, doente, desistiu da etapa do Mundial -, depois de contar à família e aos amigos que estava com febre de dengue. Foi analisado por um médico, que o recomendou a ir a um hospital. O surfista, porém, decidiu voltar para o Havaí.

Antes de chegar a Dallas, onde foi encontrado morto em um quarto de hotel no dia 2 de novembro, o tricampeão mundial fez uma conexão em Miami e, segundo relatos da revista “Go Outside”, para não perder o voo rumo a Honolulu, virou a noite em uma festa.

O surfista fez o check in em Dallas no dia 1º de novembro. Segundo a revista, comeu um chocolate, tomou uma garrafa de água e dois refrigerantes. No dia seguinte, Isaac Ambriz, segurança do hotel, foi informado de que o hóspede não respondera ao despertador. Às 9h43m, Ambriz bateu na porta, mas não houve resposta. Entrou no quarto e viu o surfista sobre a cama.

Segundo a polícia, foram encontradas cápsulas de um remédio similar à morfina. Essa medicação, combinada indevidamente ao quadro da doença, pode ter sido um dos motivos da morte.

veja também