MENU

Em Interlagos, Valdeno Brito busca a segunda vitória na Corrida do Milhão

Em Interlagos, Valdeno Brito busca a segunda vitória na Corrida do Milhão

Atualizado: Sexta-feira, 3 Setembro de 2010 as 7:50

Vencedor da primeira edição da Corrida do Milhão, em 2008, no Rio de Janeiro, Valdeno Brito vai buscar o bicampeonato da prova neste domingo, no circuito de Interlagos. O piloto, que ocupa a 15ª posição, com 20 pontos, prevê uma disputa acirrada pelo prêmio milionário, em São Paulo.

Segundo Valdeno, o trabalho nos boxes vai ser fundamental para garantir a vitória na prova, que terá um formato diferenciado. Com 65 minutos, a corrida vai ser mais longa do que as demais etapas e exigirá mais atenção e preparo de pilotos e equipes. Qual sua expectativa para a sétima etapa?

Valdeno - Na Stock Car, vencer uma corrida é extremamente difícil, pois temos pilotos e equipes de qualidade. E essa corrida, em especial, torna-se ainda mais difícil por ser mais longa, e consequentemente mais desgastante tanto fisicamente quanto para o equipamento. A equipe também terá um trabalho fundamental, pois serão dois pit stops e, para vencermos, tudo tem que sair perfeito. Deverá ser uma prova emocionante.

Qual a "estratégia" para manter o título de vencedor do Milhão?

- Apesar do formato da corrida ser diferente (mais longa e com um pit stop extra), ela tem que ser encarada com a mesma seriedade com que encaramos as outras. Claro que, por pagar um prêmio milionário, a motivação é ainda maior. Vencerá, talvez, não necessariamente o piloto mais rápido, e sim o que, juntamente com sua equipe, não cometer erros.

Você gosta da pista de Interlagos?

- Interlagos é a pista que todos conhecem melhor, o que torna a disputa ainda mais difícil. Mas gosto dela sim, não só pelo traçado, mas pela estrutura toda que ela nos proporciona.

Alguns pilotos acham que a etapa de São Paulo será a mais importante do ano, você concorda? Por que?

- Sim. Porque além de ser uma corrida especial pelo prêmio que pagará ao vencedor, é a etapa que deixará mais perto a vaga para a Superfinal.

Você acredita que ainda dá para brigar por uma vaga na Super Final?

- Tenho certeza que sim. Tive duas quebras que me prejudicaram muito em Interlagos e no Velopark, quando eu marcaria muitos pontos. E também um erro meu em Jacarepaguá. Mas nas próximas duas corridas, se Deus quiser, carimbaremos o passaporte para pela quarta vez seguida. Também entrei com um recurso referente à corrida de Ribeirão Preto, pelas minhas contas, ficarei a um ponto do 10º colocado, na 11ª posição.

O que pode fazer a diferença na Corrida do Milhão?

- Além do carro rápido, o trabalho da equipe nas paradas e saber poupar o equipamento e pneus. Será assim como na última Corrida do Milhão, uma prova bem desgastante.

Já pensou o que fazer com o prêmio? E a propósito, o que fez com o dinheiro da primeira edição da corrida?

- Com o da primeira corrida, construí a casa que moro hoje com minha família em Londrina-PR. Depois que ganhar a próxima, pensarei no que fazer com a grana.

veja também