MENU

Em jejum, Atlético-MG recebe o Inter, que não perde há quatro rodadas

Em jejum, Atlético-MG recebe o Inter, que não perde há quatro rodadas

Atualizado: Quinta-feira, 30 Junho de 2011 as 9:05

Atlético-MG e Internacional vão escrever mais um capítulo da história que mais vezes se repetiu no Campeonato Brasileiro. Galo e Colorado já se enfrentaram 53 vezes pela competição e têm novo encontro marcado para esta quinta-feira, às 21h (de Brasília), na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas.

Ambos ocupam posições intermediárias na tabela do Brasileirão. Os gaúchos são os nonos, enquanto os mineiros estão no 11º lugar. Se os times estão próximos na classificação, o momento de ambos é bem diferente. O Galo não vence há quatro rodadas e o Inter não perde há quatro jogos.     O jogo terá arbitragem de Paulo Henrique Godoy Bezerra (SC), que será auxiliado por Carlos Berkenbrock (SC) e Marco Antônio Martins (SC). O SporTV transmite a partida para todo o Brasil, menos para o estado de Minas Gerais. Já o Premiére mostra o jogo para todo o país, pelo sistema pay-per-view. O GLOBOESPORTE.COM também acompanha todos os detalhes em Tempo Real e com vídeos exclusivos a partir das 20h30m.

Atlético-MG: O Galo começou arrasador no Campeonato Brasileiro, com duas vitórias de cara. Mas depois, perdeu o fio da meada e somou dois empates e duas derrotas, caindo da liderança para a 11ª colocação. O time de Dorival Júnior já deixou escapar cinco pontos em casa, para São Paulo e Atlético-GO, e o objetivo é vencer o Internacional para retomar o caminho das vitórias e se aproximar novamente do G-4. Internacional: O Inter, aos poucos, vai melhorando sua condição no Campeonato Brasileiro. São quatro jogos de invencibilidade, com duas vitórias e dois empates. No caso da conquista de três pontos em Sete Lagoas, os colorados poderão embalar na disputa, já que depois recebem o Atlético-PR, de má campanha, no Beira-Rio. Falcão ainda não chegou a uma conclusão sobre o real potencial de seu time no Brasileirão. A ideia, por enquanto, é orbitar em torno da zona de classificação para a Libertadores.

Atlético-MG: A única mudança em relação ao time que perdeu para o Flamengo semana passada é a entrada do volante Richarlyson no lugar do meia Giovanni Augusto, o que deve deixar o time mais compacto no meio-campo. Provável time: Renan Ribeiro; Patric, Réver, Leonardo Silva e Guilherme Santos; Serginho, Richarlyson, Dudu Cearense e Daniel Carvalho; Guilherme e Magno Alves. Internacional: Pela segunda vez desde sua chegada ao Inter, Falcão poderá repetir a escalação colorada. O time que irá a campo nesta quinta-feira é o mesmo que fez 4 a 1 no Figueirense na última rodada. Assim, o treinador mantém a base de dois volantes que sabem sair para o jogo (Guiñazu e Tinga) e dois armadores natos (D’Alessandro e Oscar). O Inter irá a campo com Muriel; Nei, Bolívar, Juan e Kleber; Guiñazu, Tinga, D’Alessandro e Oscar; Zé Roberto e Leandro Damião.

Atlético-MG: Fillipe Soutto e Marquinhos Cambalhota são as duas ausências do Galo para o jogo. O volante e o atacante ainda estão no departamento médico do clube se recuperando de contusões. Internacional: Falcão segue sem os zagueiros Sorondo, lesionado, e Rodrigo, com embolia pulmonar, mais o meia Andrezinho, que se recupera de fissura na fíbula da perna esquerda. Além disso, ele opta por não utilizar o goleiro Renan e o atacante Rafael Sobis, que vivem seu último dia no clube nesta quinta-feira.

Atlético-MG: Daniel Carvalho, Dudu Cearense, Guilherme, Leonardo Silva e Patric Internacional: Bolatti, D'Alessandro e Guiñazu.

Atlético-MG: Como Dorival Júnior vai escalar três volantes e apenas um meia de criação, Serginho tem tudo para jogar como gosta e aparecer como elemento surpresa no ataque, chegando de trás para concluir a gol e dar passes para os arremates dos atacantes. Internacional: Zé Roberto ganhou sequência no time titular do Inter e conseguiu se firmar como o parceiro de Leandro Damião no ataque. Na última rodada, o jogador deu belo passe justamente para um gol do centroavante. Ao ser substituído, foi muito aplaudido pelos colorados. O atleta foi liberado de dois treinamentos para resolver problemas particulares, mas foi garantido no time por Falcão.

Leonardo Silva, zagueiro do Atlético-MG: 'A equipe vem jogando bem, mas sabemos que deixamos há desejar na última partida, nos minutos finais. Não conquistamos o resultado, mas jogamos bem. Pecamos em algumas finalizações, alguns detalhes, mas buscávamos o resultado. A equipe vinha tocando bem a bola, se movimentando bem em campo, marcando bem. Ainda dá tempo, está no começo, e estamos no caminho certo. É só continuar trabalhando para no final colher o resultado'.

Paulo Roberto Falcão, técnico do Inter: 'A necessidade de vitória do Atlético-MG talvez dê uma motivação ainda maior ao adversário. Isso certamente causa um prejuízo para nós. Mas é assim. Enfrentamos o Ceará aqui depois da eliminação na Copa do Brasil e o Coritiba depois da perda da final. Enfrentamos um semifinalista e um finalista. O Ceará nos ganhou, e o Coritiba nos colocou muita dificuldade. Talvez, se o Atlético tivesse vencido por 4 a 1, poderia acarretar alguma coisa boa para o Inter'.

* Quem venceu mais? Confira o histórico do confronto na Futpédia. * O Atlético-MG não vence o Internacional há quase nove anos (ou 14 jogos). A última vitória do Galo aconteceu no dia 30/10/2002, quando venceu por 3 a 2 no Estádio Independência, em Belo Horizonte, com dois gols de Marques e um de Kim, marcando Fabiano Costa e Cássio para o Colorado.

* A média de gols das partidas entre Atlético-MG e Inter em Brasileiros é de 2,4 gols por jogo. Foram marcados 128 gols em 53 confrontos. A partida com o maior número de gols na história deste confronto foi o empate por 3 a 3 em Porto Alegre, pelo Brasileirão de 2003.

* Em 40 anos de Campeonato Brasileiro, Atlético e Internacional empataram apenas duas vezes por 0 a 0, ambas no Mineirão, em 1974 e 1987. O último empate sem gols entre essas equipes em Brasileiros aconteceu, portanto, há 24 anos (ou 29 jogos).

* No cômputo geral, Atlético-MG e Internacional se enfrentaram 67 vezes na história, com 20 vitórias do Galo, contra 29 triunfos do Colorado e mais 20 empates. Nos gols marcados, nova vantagem gaúcha: 89 a 81.

O último confronto entre Atlético-MG e Internacional foi digno das tradições das duas equipes. Num jogo muito equilibrado, a vitória do time gaúcho por 1 a 0 veio graças a um gol de Alecsandro, aos 45 minutos do primeiro tempo. O jogo foi disputado no Beira-Rio, em Porto Alegre.          

veja também