MENU

Em jogo com cinco sets e tumulto no fim, Florianópolis bate o Vôlei Futuro

Em jogo com cinco sets e tumulto no fim, Florianópolis bate o Vôlei Futuro

Atualizado: Terça-feira, 14 Dezembro de 2010 as 9:20

Em cinco sets com nervos à flor da pele, o Florianópolis derrotou o Vôlei Futuro na casa do rival, na partida mais longa da edição 2010/2011 da Superliga masculina de vôlei. Depois de 2h37m, o placar finalmente mostrou 25/23, 36/34, 20/25, 29/31 e 15/8 para os visitantes, que agora somam oito vitórias em nove jogos na competição.

A tensão, porém, não acabou com o match point. Enquanto as equipes se cumprimentavam junto à rede, Camejo e Luizinho se desentenderam com Jardel, e o meio-de-rede do Vôlei Futuro cruzou a quadra para discutir com o central da equipe adversária. Camejo e Luizinho foram cercados por outros atletas, e Daniel, o líbero reserva do Vôlei Futuro, que nem estava relacionado para a partida, também se envolveu na confusão.

- Na Superliga é assim, cada jogo é uma final. A equipe está de parabéns pelo resultado e pela superação. Vencemos o time que é o favorito ao título, ao lado do Sesi. Foi uma vitória muito importante - disse o levantador Bruninho, eleito o melhor jogador em quadra.

Ponteiro da equipe catarinense, João Paulo terminou como o maior pontuador do jogo, com 24 acertos. O oposto Bob, também do Florianópolis, contribuiu com 22 pontos. Pelo Vôlei Futuro, destaque para o oposto Leandro Vissotto, que marcou 20 vezes. O jogador lamentou a derrota e comentou o cansaço da equipe.

- Lutamos, batalhamos, mas infelizmente não vencemos. Estamos vindo de uma sequência muito pesada de jogos. Enfrentamos adversários muito complicados e acho que hoje o time sentiu o cansaço. O Florianópolis está de parabéns pela vitória. Agora vamos descansar, acalmar os ânimos e pensar na próxima partida.

veja também