MENU

Em jogo de 15 quebras, Clijsters bate Stosur e volta à semi no US Open

Em jogo de 15 quebras, Clijsters bate Stosur e volta à semi no US Open

Atualizado: Quarta-feira, 8 Setembro de 2010 as 7:42

Não foi no nível técnico esperado de um jogo entre duas top 10, mas o que faltou em qualidade sobrou emoção. Em um jogo com 15 quebras de saque, Kim Clijsters (número 3 do mundo) manteve sua invencibilidade no US Open e avançou novamente às semifinais do torneio. A suada vitória desta terça-feira veio sobre a australiana Samantha Stosur (6), depois de 1h53m de jogo. As parciais foram de 6/4, 5/7 e 6/3.

O resultado significa a 19ª vitória consecutiva de Clijsters em Flushing Meadows. Além dos cinco triunfos deste ano, ela acumula 14 das campanhas vitoriosas de 2005 e 2009 - ela não disputou o Grand Slam americano em 2006, 2007 e 2008. Vice em 2004, ela agora tem 25 vitórias em seus últimos 24 jogos em NY.

Clijsters agora voltará a enfrentar Venus Williams, desta vez por um lugar na decisão do torneio. As duas também se encontraram em Flushing Meadows no ano passado. Na ocasião, o jogo valeu pelas oitavas de final, e a belga venceu por 6/0, 0/6 e 6/4.

Viradas em todos os sets

Stosur saiu na frente, conseguindo a primeira quebra do jogo, mas a vantagem durou pouco. Clijsters entrou em um ritmo impressionante a partir da metade do set. Depois de confirmar no sétimo game e reduzir a vantagem de Stosur para 4/3, a belga conseguiu a quebra graças a três erros não forçados da adversária. No décimo game, Clijsters mais uma vez pressionou e chegou ao set point. Stosur veio à rede no ponto seguinte, mas a bicampeã do US Open encaixou uma linda cruzada vencedora para fechar o set.

A australiana não deixou Clijsters seguir em controle do jogo e conseguiu uma quebra de saque logo no primeiro game da segunda parcial. Mais uma vez, as boas devoluções da belga fizeram efeito. No quarto game, com duas duplas faltas seguidas de Stosur, a número 3 do mundo quebrou de volta e empatou.

O jogo perdeu em qualidade e ficou nervoso no fim do segundo set. Clijsters teve o saque quebrado no oitavo game e, em seguida. Stosur sacou para fechar, mas cometeu três erros não forçados e deixou que o placar ficasse igualado novamente. No 11º, outra vez Clijsters vacilou, a a australiana foi à rede para quebrar de novo. Só no 12º é que Stosur mostrou consistência no saque e forçou o terceiro set.

A sequência de quebras de saque continuou de forma assustadora no terceiro set. Ninguém conseguiu confirmar nos seis primeiros games. Só quando Clijsters forçou uma falha de Stosur, a belga evitou outra quebra e virou o placar, abrindo 4/3. A australiana seguiu com problemas e, com uma dupla falta, cedeu nova quebra. Com o saque para fechar o jogo, Clijsters não vacilou. Ironicamente, depois de oito duplas faltas no jogo, ela selou a vitória com um ace.

fonte: Globo

Postado por: Juliana Melo

veja também