MENU

Em jogo frio, Grêmio Prudente e Atlético-MG ficam apenas no 0 a 0

Em jogo frio, Grêmio Prudente e Atlético-MG ficam apenas no 0 a 0

Atualizado: Quinta-feira, 5 Agosto de 2010 as 8:49

A cidade de Presidente Prudente tem uma das maiores médias anuais de temperatura no estado de São Paulo. Durante vários meses, os termômetros registram forte calor. Porém, o jogo entre Grêmio Prudente e Atlético-MG, na estreia de ambos na Copa Sul-Americana, foi disputado em um clima ameno, perto dos 15ºC. O resultado em 0 a 0 parece que acompanhou a baixa temperatura. O jogo, que começou quente, com as duas equipes tentando o gol, foi esfriando e terminou ruim.

A decisão da vaga na próxima fase da competição continental ficou para a próxima quarta-feira, em Ipatinga, às 21h50m (de Brasília). O Atlético-MG se classificará com uma vitória simples. O Grêmio Prudente, por sua vez, jogará por qualquer vitória ou empate com gols. Novo empate por 0 a 0 levará a decisão para os pênaltis.

Agora os times voltam suas atenções para o Campeonato Brasileiro. O Grêmio Prudente vai a Ipatinga encarar o Cruzeiro, domingo, às 18h30m. Um dia antes, no sábado, o Atlético-MG jogará contra o Botafogo, também às 18h30m, no Engenhão.

Pequena vantagem para os paulistas

Grêmio Prudente e Atlético-MG entraram em campo com uma postura ofensiva. O técnico time paulista, Toninho Cecílio, lançou três atacantes, enquanto Vanderlei Luxemburgo escalou um meio-campo com características de ataque.

E o Grêmio Prudente começou melhor, buscando várias chances de gol, principalmente com Wesley, que deu trabalho a Fábio Costa em três oportunidades. Pelo lado do Galo, quem mais incomodava era Daniel Carvalho, com chutes de longa e média distância.

A zaga do Galo, no entanto, começou a bater cabeça, mostrando porque é uma das mais vazadas do Campeonato Brasileiro. Assim, o goleiro Fábio Costa começou a se destacar na partida, com defesas salvadoras.

Para complicar um pouco mais a situação, Jairo Campos – contundido – deixou o gramado, dando lugar a Werley, que recebeu cartão amarelo em seguida. O jogo perdeu um pouco da velocidade dos minutos iniciais, e o primeiro tempo terminou sem maiores emoções.

Um lance inusitado chamou a atenção após o apito final do árbitro. O técnico Vanderlei Luxemburgo, que ainda se recupera de uma fratura e anda com o auxílio de muletas, pegou carona até o vestiário com o carrinho-maca do Prudentão. A torcida presente no estádio não perdoou e saudou o treinador com uma grande vaia.

Jogo frio

A partida piorou, principalmente por causa dos erros de passes de ambas as equipes. As chances de gol ficaram mais raras, e o jogo, concentrado entre as duas intermediárias.

O Grêmio Prudente continuava com mais posse de bola e, consequentemente, criava mais lances de perigo. A maioria deles parava nas mãos de Fábio Costa, que, sem dúvidas, foi o maior nome do Atlético-MG.

Pelos lados do Galo, as jogadas estavam concentradas no lado direito. Os avanços de Diego Macedo e Neto Berola, que entrou no lugar de Daniel Carvalho, até assustavam o time de Prudente, mas não levavam perigo efetivo ao gol de Giovanni.

Com isso, o jogo foi - até os minutos finais - deixando a decisão da vaga para a próxima fase da Copa Sul-Americana para o Ipatingão.

veja também