MENU

Em Manaus, seminário organizado pelo BID discute legado da Copa

Em Manaus, seminário organizado pelo BID discute legado da Copa

Atualizado: Quarta-feira, 28 Setembro de 2011 as 1:19

Começa nesta terça-feira em Manaus o seminário "Sustentabilidade e Legado - Copa 2014", realizado em parceria entre o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e o Ministério do Esporte. O evento faz parte de um acordo técnico firmado no ano passado entre o BID e o governo brasileiro, e tem como objetivo transmitir às autoridades brasileiras que organizam o Mundial experiências de outros países na realização de megaeventos como a Copa e as Olimpíadas. O foco, segundo o representante do BID no Brasil, Fernando Carrillo-Flórez, é no desenvolvimento humano e no legado.

– Nós estamos dizendo que a prioridade tem que ser ao desenvolvimento humano, urbano, que são os temas realmente importantes, que são o foco dos investimentos do banco. Os temas ambientais, por exemplo, economia verde, eficiência energética, fortalecimento institucional e de cidadania. A discussão da infraestrutura física é importante, mas queremos abrir essa nova via, enriquecer a agenda de discussão para a Copa – disse Fernando.

Seminário discute legado da Copa do Mundo em Manaus (Foto: Marcelo Junior / Globoesporte.com)

  Entre os convidados estrangeiros estão o embaixador Bok-Hyung Lee, da Coreia do Sul - e membro do Comitê Organizador da candidatura do país a sede do Mundial em 2002 -, um dos conselheiros da Cidade do Cabo, na África do Sul, Brett Herron, e o diretor de responsabilidade social corporativa da Fifa, Federico Addiechi. Também estão previstas exposições de acadêmicos da área de planejamento e urbanismo e participação de representantes de cidades-sede da Copa de 2014, como os governadores do DF, Agnelo Queiroz, e do Amazonas, Omar Aziz.

O ministro do Esporte, Orlando Silva, cancelou a participação de última hora, e o substituto previsto, o secretário nacional de Futebol, Alcino Reis, também não apareceu. O ministério foi representado pelo chefe de gabinete e secretário-adjunto de Futebol, Joel Benin. A presença da ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, está confirmada.

Acordo técnico

O seminário é um dos eventos previstos no acordo assinado em 2010 entre o BID e o governo brasileiro. Financiado por um fundo sul-coreano, o acordo prevê a produção de cinco notas técnicas por consultores do banco, que servirão de apoio ao governo brasileiro, além de eventos como o seminário e visitas bilaterais de empresários e autoridades brasileiras e coreanas. O valor previsto para o acordo é de US$ 750 mil.          

veja também