MENU

Em momentos distintos, Vasco e Santos se enfrentam em São Januário

Em momentos distintos, Vasco e Santos se enfrentam em São Januário

Atualizado: Quarta-feira, 3 Agosto de 2011 as 9:16

Depois do jogo histórico contra o Flamengo, o Santos volta a enfrentar um time do Rio de Janeiro. Nesta quarta-feira, o Vasco abre as portas de São Januário para receber o Peixe a partir de 21h50m. Duelo entre o zagueiro Dedé e o atacante Neymar, disputa de pontos para se aproximar do G-4 e se afastar do Z-4, são apenas alguns ingredientes da partida que promete lotar o estádio.

A Rede Globo transmite o jogo ao vivo para a região de Santos. No PFC, a transmissão é para todo o Brasil pelo sistema pay-per-view . O GLOBOESPORTE.COM acompanha todos os lances em Tempo Real, com vídeos. O paranaense Héber Roberto Lopes (Fifa) apita o duelo. Ele será auxiliado pelos conterrâneos Bruno Boschilia e José Amilton Pontarolo.

Vasco: o Vasco segue embalado para galgar as primeiras posições na tabela. Sem perder há cinco jogos, o time, que está em sexto lugar na classificação, conta com mais uma vitória para se aproximar dos líderes.

Santos: com duas derrotas consecutivas, o Santos segue marcando passo na zona de rebaixamento. Tem 11 pontos em dez jogos (três a menos que seus principais concorrentes). Mesmo com o time completo, com Neymar, Ganso e Elano, que voltaram a ficar à disposição após a Copa América, o Peixe não conseguiu vencer Flamengo e Atlético-PR. Agora, contra o Vasco, precisa voltar a somar pontos para deixar o Z-4.

Vasco: Ricardo Gomes tem problemas no meio e na lateral esquerda. Juninho, com uma lesão na coxa direita, não joga e deve dar vaga a Felipe. Já as suspensões de Márcio Careca e Julinho levam o técnico a improvisar o volante Jumar na posição e voltar com Eduardo Costa ao time. A provável escalação da equipe é Prass; Fagner, Dedé, Anderson Martins e Jumar; Eduardo Costa, Rômulo, Felipe e Diego Souza; Eder Luis e Alecsandro.

Santos:  o técnico Muricy Ramalho não teve tempo para testar outro tipo de formação. Por isso, mesmo tendo sofrido oito gols nos últimos dois jogos, irá manter a escalação utilizada contra Fla e Furacão, com Arouca, Ibson e Elano formando ao lado de Ganso no meio de campo. A escalação: Rafael, Pará, Edu Dracena, Durval e Léo; Arouca, Ibson, Elano e Paulo Henrique Ganso; Neymar e Borges.

Vasco: Juninho sentiu uma lesão na coxa direita e não joga. Márcio Careca e Julinho estão suspensos por expulsão e terceiro cartão amarelo, respectivamente. Santos: o volante Danilo está servindo à Seleção Brasileira sub-20. Já o também volante Adriano continua machucado.

Vasco: Bernardo, Dedé, Diego Rosa e Elton.

  Santos: Léo e Neymar.

Vasco:  convocado para a Seleção Brasileira, Dedé fará um duelo individual com Neymar. Sem marcar faltas no último jogo contra o São Paulo, o zagueiro promete jogo limpo, mas muitos desarmes no atacante.

Santos: em oito jogos, o atacante Borges marcou quase a metade de todos os gols marcados pelo Santos no Brasileirão. O time tem 15, sete são do camisa 9, que comemora os números, mas lamenta o jejum de vitórias. Ele é o vice-artilheiro da competição, atrás apenas de Ronaldinho Gaúcho, do Flamengo.

  Ricardo Gomes, técnico do Vasco:   “O Santos é um time que gosta de dominar, com boa troca de passes e jogadores que desequilibram. Vai ser um jogo complicadíssimo”.

Borges, atacante do Santos: “Mesmo perdendo os dois jogos, o time apresentou um bom futebol. Acredito que vamos nos encaixar logo e começar a vencer as partidas. Espero que, contra o Vasco, o time já possa iniciar uma arrancada”.

* Quem venceu mais? Confira o histórico do confronto na Futpédia .

* Na história do Campeonato Brasileiro, Vasco e Santos se enfrentaram 23 vezes no Rio de Janeiro, com vantagem vascaína. Foram nove vitórias do Vasco, dez empates e quatro vitórias do Peixe, todas em São Januário.

* A média de gols das partidas entre Vasco e Santos é de 2,6 gols por jogo. Foram marcados 128 gols em 48 jogos. Apenas seis dessas partidas terminaram em 0 a 0.

* O confronto Vasco x Santos completou este ano 84 anos de história. A primeira partida foi realizada no dia 21 de abril de 1927, na inauguração do estádio de São Januário. O Peixe levou a melhor e venceu por 5 a 3.

Vasco e Santos se enfrentaram pela última vez em um amistoso realizado no estádio Albertão, em Teresina, no Piauí. No dia 16 de novembro do ano passado, os reservas do time cruz-maltino levaram a melhor e bateram o rival, que atuou com time misto, por 1 a 0. Rafael Coelho marcou o gol da vitória e quebrou um jejum pessoal de cinco meses sem balançar redes adversárias.            

veja também