MENU

Em nota, Timão tira estádio de Itaquera da Copa das Confederações

Em nota, Timão tira estádio de Itaquera da Copa das Confederações

Atualizado: Terça-feira, 9 Novembro de 2010 as 9:24

São Paulo não deve fazer parte das cidades escolhidas para sediar a Copa das Confederações, realizada sempre um ano antes à abertura da Copa do Mundo. Em nota de agradecimento ao Comitê Organizador Local (COL) por aceitar o estádio Itaquera como palco do torneio na capital paulista, o Timão indicou que não conseguirá terminar a obra a tempo do torneio preparatório.

Nas contas da direção alvinegra e da Odebrecht, a arena começará a ser construída em março de 2011 e só será concluída no último trimestre de 2013, somente seis meses antes do início do Mundial. Na primeira previsão, durante o anúncio oficial do acordo, em meio à comemoração pelo centenário corintiano, o estádio já estaria sendo utilizado em fevereiro de 2013.

A Copa Confederações é sempre disputada na metade do ano anterior ao do Mundial. Em 2009, na África do Sul, a competição começou em 14 de junho e acabou em 28 do mesmo mês, com a vitória do Brasil sobre os Estados Unidos por 3 a 2.

Centro financeiro do país, São Paulo briga com Brasília e pelo Horizonte para realizar a abertura da Copa do Mundo de 2014. Apesar da importância da cidade, a Fifa ainda não decidiu em qual local abrigará o início do torneio.

O Comitê Organizador Local receberá nos próximos dias o projeto de construção do estádio e, posteriormente, o encaminhará para a Fifa. Enquanto isso, o Corinthians espera pela Odebrecht obter o dinheiro junto ao BNDES para que a obra saia do papel.

O clube admite que há um pré-projeto a capacidade de para 65 mil torcedores, mas só discutirá os custos depois da aprovação da Fifa. O governo de São Paulo e a prefeitura da cidade já anunciaram que não investiram dinheiro público na obra.

Confira abaixo a nota oficial do Corinthians:

A diretoria do Sport Club Corinthians Paulista agradece ao Comitê Organizador Local pela indicação do seu futuro estádio de Itaquera como a sede da abertura da Copa do Mundo de 2014.

Já há um pré-projeto para 65 mil expectadores em analise pelos órgãos competentes locais e nacionais. Só após a revisão e aprovação pela própria Fifa ele poderá ser definitivamente detalhado; e seus custos, e necessidades de financiamento, equacionados. Na sequência lógica, o foco das atenções concentra-se na adequação do projeto às exigências da abertura e aprovação nos órgãos locais para posterior concentração nos detalhes financeiros.

A previsão do inicio da obras é para março do próximo ano e sua conclusão deverá ocorrer no último trimestre de 2013, sempre sujeito à velocidade de aprovação do projeto.

veja também