MENU

Em perigo no Brasileiro, Avaí e Goiás jogam pela Sul-Americana

Em perigo no Brasileiro, Avaí e Goiás jogam pela Sul-Americana

Atualizado: Quinta-feira, 11 Novembro de 2010 as 8:36

A tensão pela luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro, enfrentada por Avaí e Goiás, pode dar lugar ao sentimento de alegria com a conquista de uma vaga nas semifinais da Copa Sul-Americana, na noite desta quinta-feira, às 20h (de Brasília), no estádio da Ressacada, em Florianópolis. Depois do empate em 2 a 2 no jogo de ida, em Goiânia, as equipes voltam a se enfrentar e buscam dias melhores na temporada 2010, que promete ser emocionante até o fim.

Para se classificar, o Avaí pode empatar por até 1 a 1. Já uma vitória do Goiás ou igualdade de três ou mais gols dá a vaga ao Esmeraldino. Se a partida acabar em 2 a 2, a decisão será nas cobranças de pênaltis. Quem avançar vai encarar o Palmeiras, que eliminou o Atlético-MG vencendo por 2 a 0, nesta quarta-feira, no Pacaembu.

Depois de uma queda de rendimento no Campeonato Brasileiro, a equipe do Avaí tem a chance de passar pela primeira vez em sua história para a semifinal de uma competição internacional. Além disso, uma vitória nesta quinta-feira poderá dar um ânimo maior para que o time consiga uma recuperação no nacional.

Para o jogo, o técnico Vagner Benazzi vai contar com a volta do atacante Robinho e do zagueiro Émerson, que estavam suspensos e não enfrentaram o Botafogo. O atacante Vandinho, que não foi inscrito na competição, está fora.

Esmeraldino tenta espantar a crise

O Goiás vive um momento muito delicado na temporada. O clube teve muitos problemas políticos e as divergências acabaram refletindo dentro de campo. Com apenas 31 pontos, em 102 disputados, no Brasileirão, o time se vê em situação muito complicada na competição e corre sérios riscos de cair para a Série B de 2012.

A goleada por 4 a 1 para o Grêmio Prudente na última rodada fez a diretoria demitir o técnico Jorginho. Para o seu lugar, chegou Artur Neto. A classificação para a semifinal da Sul-Americana pode acalmar os ânimos no Esmeraldino, que não está muito confiante em permanecer na Primeira Divisão de 2011.

- Não estamos preocupados com a Série A mais. Quem não ganhou até agora, não vai ser nesses quatro jogos que vai vencer. Já começamos com um técnico mais modesto. Ele é da terra, é daqui, é amigo da gente. Acho que a medida não poderia ter sido mais acertada. O clube vai ter de se adaptar à nova realidade - disse presidente do clube e do Conselho Deliberativo, Hailé Pinheiro.

Wellington Monteiro, que sentiu um desconforto na coxa, não viajou para Santa Catarina e dá lugar para Marcelo Costa. A grande novidade é o retorno de Felipe ao ataque. Ele fará dupla com Rafael Moura, que é artilheiro do Esmeraldino no torneio com 5 gols.

veja também