MENU

Em queda, defesa do Timão encara teste de fogo contra Neymar e Borges

Em queda, defesa do Timão encara teste de fogo contra Neymar e Borges

Atualizado: Sexta-feira, 16 Setembro de 2011 as 12:48

Oscilante nos últimos jogos, a defesa do Corinthians terá um grande desafio neste domingo, às 16h, no Pacaembu. Sofrendo gols há oito jogos consecutivos, mas ainda sendo o menos vazado do torneio, o Timão vai encarar nada menos que a estrela Neymar e o artilheiro Borges no clássico contra o Santos, pelo Campeonato Brasileiro. Hora de acabar com as falhas e ter a atenção redobrada com os atacantes rivais. - Temos de corrigir os erros e procurar ficar mais atentos. Um pouco disso é por desatenção. Mas acho que está bom. Mesmo tomando esses gols, continuamos sendo a melhor defesa. Imaginem as outras 19? – disse o zagueiro Leandro Castán.

Com 23 gols sofridos, melhor rendimento do torneio ao lado do Palmeiras, o Corinthians não passa ileso por uma partida desde 10 de agosto, quando ficou no 0 a 0 diante do Santos, na Vila Belmiro. Depois disso, foi vazado 13 vezes em apenas oito jogos. Neste mesmo período, o ataque fez 11, derrubando o aproveitamento de pontos: quatro derrotas, três vitórias e um empate.

- Isso acontece também pelos adversários, que estavam precisando de resultados positivos e vieram com o intuito de tirar pontos. Nós também temos feito gols. Se fizermos sete e tomarmos cinco, o importante é que ganhou o jogo – ressaltou o lateral-esquerdo Ramon.

O duelo contra Neymar e Borges é bastante aguardado pelos corintianos. O garoto, aliás, não participou do confronto do primeiro turno, mas comandou o Santos na vitória sobre o Timão que rendeu o título do Campeonato Paulista no primeiro semestre. Já Borges é, por enquanto, o goleador máximo do Brasileiro, com 16 gols.

- São dois jogadores de muita qualidade. O Neymar é driblador, leve, difícil roubar a bola dele. Não pode deixar virar. O Borges é mais parado, mas protege bem a bola – finalizou Castán.            

veja também