MENU

Em sétimo na F-1, Felipe Massa minimiza desvantagem e se coloca na briga pelo título

Em sétimo na F-1, Felipe Massa minimiza desvantagem e se coloca na briga pelo título

Atualizado: Segunda-feira, 10 Maio de 2010 as 5:14

Depois de terminar o GP da Espanha na sexta colocação, neste domingo (9), o brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, minimizou sua desvantagem no Mundial de Fórmula 1 e mostrou que ainda acredita na briga pelo título de 2010.

Massa é o sétimo colocado, com 49 pontos - está 21 atrás do líder Jenson Button (McLaren) e 18 em relação a Fernando Alonso, seu companheiro de equipe.

Questionado sobre a diferença para o espanhol, Massa chamou a atenção para a mudança no sistema de pontuação, que hoje dá 25 pontos ao vencedor e 18 ao segundo colocado.

- O campeonato está totalmente aberto. Com cinco corridas disputadas, está todo mundo perto. Dezoito pontos não é uma diferença tão grande. Parece muito, mas é um segundo lugar, seriam oito pontos no ano passado.

Problemas

Apesar de demonstrar otimismo, Massa reconheceu que está ''sofrendo'' com os pneus e a falta de aderência do carro da Ferrari, principalmente no GP da Espanha.

- Eu estava sofrendo para fazer o pneu funcionar, principalmente no último setor, onde eu não tracionava e era difícil sair da reta junto [com o carro da frente] para tentar ultrapassar. Parecia que meu carro não tinha grip [aderência], o pneu não funcionava direito. Era praticamente impossível fazer uma boa volta, ainda mais com carros na frente.

- A gente tem que melhorar algumas coisas no carro para que eu possa fazer o que eu sei, que por enquanto não estou conseguindo. O mais preocupante é achar o problema. Não estou feliz, porque não tenho o carro que eu quero para guiar. Eu sempre andei bem nesse carro até começar o campeonato. Já tive ele na minha mão e hoje não tenho.

Massa também se assustou com a vantagem da Red Bull, que venceu com Mark Webber - Sebastian Vettel foi o terceiro colocado.

- O que a Red Bull fez foi impressionante. A diferença era muito grande, espero que seja só nessa pista. Depois deles, a gente tem uma briga grande entre Ferrari, McLaren e Mercedes.

veja também