MENU

Em Zimbábue, hino brasileiro ganha "nova versão" e constrange a seleção

Em Zimbábue, hino brasileiro ganha "nova versão" e constrange a seleção

Atualizado: Quarta-feira, 2 Junho de 2010 as 11:13

Antes do amistoso contra o Zimbábue, nesta quarta-feira, em Harare, os jogadores da seleção brasileira passaram por um momento constrangedor. O hino nacional, tocado ao vivo por uma orquestra local, teve vários erros. Parecia que muitos integrantes tinham faltado ao ensaio (assista ao vídeo ao lado).

Com os jogadores enfileirados, a banda acabou tocando o início bem diferente do convencional. O capitão Lúcio chegou a esboçar um sorriso sem graça por alguns instantes sem saber direito o que estava acontecendo. Robinho começou a dar risadas e fez um comentário com Kaká.

Mais sério e demonstrando estar muito incomodado com a situação, Julio Cesar chegou a bufar. Em um momento em que o som era incompreensível, o goleiro passou a arrumar o uniforme. Mas logo percebeu que o hino não havia terminado ainda. Foram longos três minutos e 22 segundos de uma canção que, muitas vezes, não parecia em nada com o hino brasileiro.

Logo, os comentários dos torcedores brasileiros passaram a surgir em redes de relacionamento na Internet como o Twitter. A repercussão foi instantânea. O episódio de Vanusa, que cantou o hino nacional sob o efeito de medicamentos, foi logo lembrado.

veja também