MENU

Embalado, Palmeiras tenta enterrar má fase diante do Paysandu

Embalado, Palmeiras tenta enterrar má fase diante do Paysandu

Atualizado: Quarta-feira, 17 Março de 2010 as 12

O Palmeiras tem outra oportunidade para mostrar que vive um momento renovado na temporada. Às 21h50 desta quarta-feira, o time alviverde encara o Paysandu em Belém, no Pará, com a missão de afastar de vez a má fase no início de 2010. Além da vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil, o duelo desta noite vale a confirmação da tranquilidade no Palestra Itália.

Esta não é a primeira vez que o Palmeiras tenta enterrar um período conturbado neste ano. O time já teve lampejos de recuperação e chegou a conquistar duas vitórias seguidas em duas ocasiões, mas não manteve o embalo em seguida. Consequentemente, voltou a ser criticado e sofreu com fortes protestos da torcida alviverde.

Agora, o clube tem uma nova chance para quebrar a escrita. Motivado pelos triunfos sobre Sertãozinho e Santos, o Palmeiras luta para conquistar sua primeira trinca de vitórias desde outubro do ano passado, quando ainda liderava o Campeonato Brasileiro.

"Os quatro gols marcados fora de casa foram importantes para a gente fazer uma arrancada boa. O resultado contra o Santos ajuda bastante e dá moral. Temos que aproveitar o momento para crescer", destacou Éwerthon, ainda celebrando a vitória por 4 a 3 no clássico de domingo.

"Foi a primeira semana que tive para trabalhar no Palmeiras. Vínhamos de duas semanas com cinco, seis jogos. A equipe ainda não é a que nós queremos, mas espero que o time consiga manter uma regularidade daqui para frente", completou o técnico Antônio Carlos.

A exemplo do Palmeiras, o Paysandu entra em campo nesta quarta-feira embalado pela vitória em um clássico no fim de semana. O time comandado pelo técnico Charles Guerreiro bateu o arqui-inimigo Remo por 4 a 2, o que tenta ser minimizado pelo elenco antes do duelo contra o rival paulista.

"Temos que esquecer o que passou. Foi muito bom, mas agora é focar no Palmeiras, que é uma equipe qualificada. Mas nós também temos que jogar, não vamos ficar assistindo o Palmeiras. Temos que nos impor em campo", destacou o meio-campista Tácio ao Diário do Pará.

A única mudança do Palmeiras para o confronto fica por conta da ausência do goleiro Marcos, poupado pela comissão técnica. Com isso, Éwerthon permanece na equipe titular formando o ataque ao lado de Robert. "Acredito que nessa partida a tendência é melhorar e em pouco tempo voltar ao meu melhor nível para fazer uma grande temporada", comentou o jogador.

O Paysandu, por sua vez, aposta suas fichas na boa fase do atacante Moisés, artilheiro do time no Paraense com seis gols. Charles Guerreiro possui apenas uma dúvida em relação à equipe titular: o meia Marquinhos e o volante Romeu brigam por uma vaga no meio-campo.

Por: Renan Prates e Rodrigo Farah

veja também