MENU

Emoção e recordes no encerramento do Troféu Brasil de Atletismo

Emoção e recordes no encerramento do Troféu Brasil de Atletismo

Atualizado: Quarta-feira, 2 Julho de 2008 as 12

Emoção e recordes no encerramento do Troféu Brasil de Atletismo

Emoção, surpresa e brilho, no último dia do Troféu Brasil Caixa de Atletismo 2008, encerrado neste domingo 29 de junho, no Estádio Ícaro de Castro Melo, no Ibirapuera, em São Paulo. Com sol e temperatura agradável, milhares de pessoas viram o brilho de Fabiana Murer e Maurren Maggi - ambas, da BM&FBOVESPA-SP -, que venceram, respectivamente, o salto com vara, com 4,80 m, e o salto em distância, com 6,99 m.

A marca de Fabiana Murer corresponde ao novo recorde sul-americano absoluto da prova (ela tinha 4,66 m ao ar livre e 4,70 m, em pista coberta). A marca também é o novo recorde do TB Caixa, já que o anterior, dela mesma, era 4,57 m, de 2006. Maurren, por sua vez, estabeleceu novo recorde do TB Caixa - ela tinha o antigo, 6,86 m, de 2002. O salto de 4,80 m de Fabiana e o de 6,99 m de Maurren se constituem, nas duas provas, a segunda melhor marca de 2008.

Fabiana foi escolhida por uma comissão de técnicos, como a melhor atleta do torneio feminino do TB Caixa 2008. No masculino, o eleito foi Mahau Suguimati (PARANAVAÍ/ASSEM-PR), ganhador dos 400 m com barreiras com 49.15, índice A para os Jogos Olímpicos e seu recorde pessoal.

Fabiana e Maurren são duas das principais esperanças de pódio do atletismo brasileiro nos Jogos Olímpicos de Pequim (em agosto), assim como Jadel Gregório (PINHEIROS-SP), que venceu o salto triplo com 17,28 m, sua melhor marca na temperatura.

"Nunca gostei tanto de cair, como depois de superar os 4,80 m", brincou Fabiana, em entrevista aos repórteres, logo após a vitória. Na mesma prova, ela já tinha superado a marca de 4,71 m, que já era um novo recorde. "Esta marca me coloca em um novo patamar, superior", disse a saltadora campineira, que treina com Élson Miranda de Souza e está há 12 anos no atletismo. "Acho que agora posso dizer que, de fato, tenho chance de subir ao pódio em Pequim", completou.

Maurren, por sua vez, ressaltou a importância de manter a regularidade: "Saltei várias vezes este ano acima dos 6,90 m e agora cheguei a 6,99 m. Se conseguiu manter este ritmo, poderei lutar por uma medalha olímpica em Pequim", disse Maurren, que completou 32 anos no último dia 25 e que é treinada por Nélio Moura.

Durante os cinco dias do TB Caixa 2008, mais seis atletas confirmaram a qualificação para os Jogos Olímpicos de Pequim: Mahau Suguimati (400 m com barreiras), Evelyn dos Santos - SANTA MÔNICA (200 m); Maria Laura Almirão - BM&FBOVESPA (400 m); Lucimar Teodoro - REDE ATLETISMO (400 m com barreiras); Maíla Machado - BM&FBOVESPA (100 m com barreiras); Elisângela Adriano - BM&FBOVESPA (lançamento do disco).

Além das marcas de Fabiana Murer e Maurren Maggi, mais quatro atletas estabeleceram recordes do TB Caixa: Wagner Domingos (REDE ATLETISMO), com 68,13 m no lançamento do martelo; Jessé Farias de Lima (REDE ATLETISMO), com 2,28 m no salto em altura; Cisiane Lopes (FUNTEC), com 1:38.37 nos 20 km marcha; e Gisele de Oliveira (BM&FBOVESPA), com 13,80 no salto triplo - recorde igualado.

veja também