MENU

Encontro marcado

Encontro marcado

Atualizado: Quinta-feira, 1 Julho de 2010 as 9:07

Apesar de estar sem contrato, Cicinho vai treinar no

CT nesta quinta-feira

(Foto: Gaspar Nobrega / Vipcomm)  

Ficou para esta quinta-feira a definição do caso do lateral-direito Cicinho, cujo contrato com o São Paulo terminou nesta quarta-feira. O empresário do jogador, Ricardo Sartri havia agendado uma reunião com o presidente do Tricolor, Juvenal Juvêncio, para esta quarta, no CT da Barra Funda. O dirigente, no entanto, alegou outros compromissos e remarcou o encontro para quinta-feira. - Ainda não existe nada definido. O contrato do Cicinho terminou hoje. A situação atual é que ele precisa voltar para a Itália, mas ainda vou conversar com o presidente do São Paulo para ver o que é possível ser feito - afirmou o empresário do camisa 23, Ricardo Sartri, em entrevista ao GLOBOESPORTE.COM.

Cicinho foi contratado com empréstimo até o dia 30 de junho e, no dia de sua apresentação, os dirigentes são-paulinos disseram que havia uma cláusula contratual que prorrogava o vínculo por mais três meses no caso da equipe conseguir a vaga na semifinal da Taça Libertadores da América. Isso, no entanto, não existe e, se um novo acordo não for costurado, o jogador nem defende mais o time comandado por Ricardo Gomes.

Curiosamente, a diretoria tricolor segue calada. Nem o vice-presidente de futebol, Carlos Augusto de Barros e Silva e nem o diretor de futebol, João Paulo de Jesus Lopes retornaram as ligações da reportagem.

Cicinho não escondeu o descontentamento com a situação.

- Eu só tenho de acatar o que a Roma decidir. Eu gostaria de ficar pelo menos até o final da Taça Libertadores da América mas, se eles definirem que eu preciso voltar para realizar a pré-temporada, não poderei fazer nada - lamentou o jogador que, apesar de não ter mais vínculo, deverá treinar normalmente na tarde desta quinta, no CT.

Por Marcelo Prado São Paulo

veja também