MENU

Entre aulas e treinos, Vinícius divide atenções para triunfar no Palmeiras

Entre aulas e treinos, Vinícius divide atenções para triunfar no Palmeiras

Atualizado: Sexta-feira, 11 Março de 2011 as 10:31

Enquanto o elenco do Palmeiras descansa dos treinos, o atacante Vinícius está no colégio, estudando para garantir seu futuro fora do futebol. Aos 17 anos, o garoto vive rotina dividida entre o Verdão e as aulas do terceiro ano do ensino médio, que cursa atualmente. A poucos meses da formatura, ele rala para conseguir conciliar as atividades e conta com a ajuda do clube para se dar bem na escola.

- O pessoal entende bem essa questão. Quando eu falto nas aulas, o Palmeiras dá atestado, e eu faço a prova normalmente em um outro dia. Mas também não posso faltar o ano inteiro, não é? - brincou o atacante.

Bastante articulado, Vinícius mostrou que tem mentalidade bem madura. Nesta quinta-feira, ele concedeu sua segunda entrevista coletiva como jogador profissional, mas já parecia familiarizado com a sala de imprensa há anos. Com discurso firme e animado, o atacante não pretende abrir mão da vida acadêmica. Os planos incluem o ingresso em uma faculdade – para cursar administração ou educação física.

- Esse ano acaba o colégio, quando terminar eu vou ver se faço uma faculdade de administração ou educação física. Quando entrei no ensino médio, comecei um curso técnico de gestão empresarial, sempre gostei dessa área. Do ano passado para cá, tive de mudar de colégio e parei com o curso. Mas dá para conciliar bem - ressaltou o jogador.

Vinícius estuda no período da manhã, o que possibilita uma frequência maior nas aulas. Isso porque boa parte dos treinos do Palmeiras é à tarde, bem como o início das concentrações para os jogos. Estudando à noite, o garoto perderia mais aulas. Exemplo fora de campo, ele espera ganhar uma vaga de titular com o técnico Luiz Felipe Scolari. Confiante, o atacante assegura que conseguirá manter os estudos mesmo sendo mais solicitado para os jogos.

- Só vou estar jogando mais se virar titular, mas a rotina é a mesma, estou conciliando bem. Sempre que ele precisar, vou estar aí para ajudar a equipe – disse.

Depois do primeiro gol como profissional, contra o Noroeste, ele briga por uma vaga de titular para o duelo contra o São Bernardo, sábado, no Canindé. Caso Kleber não jogue, Vinícius, Luan e Miguel disputam uma vaga no ataque.      

veja também