MENU

Equipe se surpreende com treino e comprova fama de durão de Magnano

Equipe se surpreende com treino e comprova fama de durão de Magnano

Atualizado: Quarta-feira, 21 Julho de 2010 as 12:34

A conversa no centro da quadra foi em tom respeitoso, mas muito, muito firme. Das palavras cuidadosamente escolhidas por Rubén Magnano antes de iniciar o primeiro treino da Seleção, que se prepara para o Mundial da Turquia, uma delas mereceu destaque e foi dita em português. "Ninguém" foi repetida para frisar que ali, sob seu comando, a igualdade está acima de tudo, que nenhum daqueles tarimbados jogadores é melhor que o outro, que não há uma estrela, mas uma equipe. Em silêncio, eles ouviram e partiram para duas horas de prática, na quadra do Marina Barra Clube.  Tiago Splitter foi a ausência. Ainda resolvendo sua transferência para o San Antonio Spurs, o ala-pivô deverá se juntar ao grupo na sexta-feira.

A portas fechadas, o técnico campeão olímpico com a Argentina em Atenas-2004 já mostrou seu grau de exigência logo no primeiro treino. Foi com um "durão", seguido por um sorriso, que Leandrinho resumiu o estilo do novo comandante.

- Foi um primeiro treino muito forte, mas nós precisamos disso. Acho que todo mundo aguentou e daqui para frente vai ser pior - ri. - Ele é bem diferente, tem muitos critérios. Mas é inteligente e nos falou que temos que jogar com coração, coragem e cabeça. Ele é durão, mais durão do que o Moncho Monsalve (ex-técnico da Seleção). Achei que seria até mais, pelo que falaram. Sabemos que ele vai ficar nervoso sim, mas vai ser por uma boa razão.

Sem vestir a camisa do Brasil desde 2007, Nenê também teve a mesma impressão de Magnano. E  a confiança passada por ele é que faz o pivô do Denver Nuggets acreditar que a equipe pode chegar longe na Turquia.

- Você não puderam ver, mas o treino dele surpreendeu a todos. Eu não treinei ainda como os outros porque atrasou a minha liberação (seguro), mas o aquecimento já foi bem forte. E o homem é realmente duro. Devia se chamar Rubén Duro. Ele tem experiência, muita bagagem nas costas. Agora é trabalhar e focar no que ele tem a passar. Temos que nos adaptar ao sistema dele - disse.

Magnano ficou satisfeito com o que viu. Ressaltou que o mais importante foi passar aos jogadores que será preciso ter espírito de luta e que todos são iguais.

- Alguns estão sentindo este reinício de trabalho depois de um fim de temporada, mas estão fazendo um bom treinamento. Temos que fazer uma boa preparação para fazermos um bom Mundial.  E será preciso muito trabalho e manter a confiança de que podemos fazer algo importante. Para mim só há uma palavra: igualdade. E isso vai ter que existir defensivamente e ofensivamente. Aqui ninguém está acima de ninguém. Não contar com o Tiago não é ótimo. Seria se ele pudesse ter iniciado hoje mas, o conhecendo do jeito que conheço, sei que ele vai terminar a preparação de maneira ótima - afirmou o treinador.  

veja também