MENU

Escoltados, jogadores do Corinthians evitam parar em São Paulo

Escoltados, jogadores do Corinthians evitam parar em São Paulo

Atualizado: Quinta-feira, 3 Fevereiro de 2011 as 4:31

O Corinthians tomou os devidos cuidados para que os jogadores não tivessem que se encontrar com os torcedores do clube depois do tropeço diante do Tolima, pela fase preliminar da Libertadores.

Depois de desembarcar em Viracopos, em Campinas, os jogadores saíram do avião e entraram no ônibus ainda dentro da pista. Dezenas de torcedores esperavam os atletas no saguão do aeroporto.

Escoltado pela polícia e por seguranças particulares de Ronaldo e Roberto Carlos, o ônibus com a delegação não parou na capital paulista. A saída dos jogadores aconteceu em um hotel na cidade de Barueri, que fica na Grande São Paulo. De lá, cada atleta saiu por conta própria. De táxi ou carona.

Normalmente o ônibus da delegação deixa os atletas ou no clube ou no CT, mas durante a madrugada, torcedores invadiram o CT Joaquim Grava, na zona leste, e quebraram 13 veículos de atletas, do técnico Tite e de outros integrantes da delegação. O muro do clube também foi pichado com palavras contra Ronaldo, Tite e o presidente Andres Sanches.

veja também