MENU

Esperanças da Seleção, Lucas e Neymar se reencontram na Vila

Esperanças da Seleção, Lucas e Neymar se reencontram na Vila

Atualizado: Domingo, 28 Agosto de 2011 as 8:39

Duas esperanças de um futuro promissor para a Seleção Brasileira estarão frente a frente neste domingo, às 16h (horário de Brasília), na Vila Belmiro, 19ª rodada do Brasileirão. O santista Neymar e o são-paulino Lucas já são referências de suas equipes, estão sendo constantemente convocados para a Seleção Brasileira, mas se enfrentarão apenas pela segunda vez como profissionais.

A primeira foi em 17 de outubro do ano passado, pelo segundo turno do Brasileirão. Num grande jogo no Morumbi, o Tricolor levou a melhor: 4 a 3. Neymar marcou um. Lucas não balançou as redes.

- Por enquanto, estou na vantagem. Espero que continue - comenta Lucas, que estabeleceu uma relação de amizade com Neymar durante a disputa do Campeonato Sul-Americano sub-20, no início do ano, quando ambos brilharam na conquista brasileira. Será o primeiro jogo de Lucas na Vila Belmiro.

Treze pontos separam São Paulo e Santos na tabela do Brasileirão. O Tricolor, com 34, está em quarto lugar. Já o Peixe, que priorizou a Taça Libertadores e disputou as primeiras rodadas da competição nacional com reservas, ocupa a 14ª posição, com 21.

O GLOBOESPORTE.COM acompanha todos os lances do clássico em Tempo Real, com vídeos exclusivos. A TV Globo transmite para os estados de São Paulo (menos Baixada Santista), Rio Grande do Sul, Paraná (menos Curitiba e Foz do Iguaçu), Minas Gerais (exceto Juiz de Fora), além de Caruaru (PE). Wilson Luiz Seneme (Fifa) apita a partida, auxiliado por Emerson Augusto de Carvalho (Fifa) e Márcio Luiz Augusto, todos paulistas.

Santos: após duas vitórias consecutivas, sobre Bahia e Fluminense, ambas por 2 a 1, o Peixe tenta emplacar a trinca para consolidar sua recuperação no Brasileirão.

São Paulo: embalado pela vitória por 3 a 0 sobre o Ceará, que garantiu vaga na próxima fase da Copa Sul-Americana, o Tricolor aposta no seu ótimo desempenho fora de casa neste Brasileirão (seis vitórias, dois empates e uma derrota) para vencer um clássico na Vila Belmiro, o que não acontece desde outubro de 2009. Dependendo de uma combinação de resultados, o time pode até fechar o turno do Campeonato Brasileiro na primeira colocação.

Santos: o meia Elano e o volante Arouca, que apresentam acentuado desgaste físico, não deverão ser escalados. O técnico Muricy Ramalho deverá colocar Pará na lateral-direita, passando Danilo para o meio de campo. O volante Adriano entra para formar dupla com Henrique na proteção à zaga. A escalação provável: Rafael, Pará, Edu Dracena, Durval e Léo; Adriano, Henrique, Danilo e Paulo Henrique Ganso; Neymar e Borges.

São Paulo: o técnico Adilson Batista tem apenas uma dúvida para montar a equipe: Cícero ou Rivaldo no meio-campo. No mais, o time atuará no 4-4-2, com três volantes no meio-campo. O time atuará com: Rogério Ceni; Piris, João Filipe, Rhodolfo e Juan; Wellington, Carlinhos Paraíba, Casemiro e Cícero (Rivaldo); Lucas e Dagoberto.

Santos: Ibson, lesão muscular na coxa esquerda.

São Paulo: Luis Fabiano, Bruno Uvini, Fernandinho, Luiz Eduardo e Denilson (machucados, sendo que o primeiro ainda não reestreou pelo Tricolor)

Santos: Durval, Henrique, Arouca, Neymar e Danilo

São Paulo: Wellington, Juan e Dagoberto.

Santos: com 12 em 15 jogos, Borges é o artilheiro do Campeonato Brasileiro. Contra o Fluminense, na última quarta-feira, assegurou a vitória alvinegra, por 2 a 1, marcando os dois gols. Contratado como o "parceiro ideal" de Neymar, está se transformando em uma das estrelas da equipe.

São Paulo: depois de ter sido um dos destaques da Seleção Brasileira que conquistou o mundial sub-20 da Colômbia, o volante Casemiro, sondado por diversas equipes europeias, teve seu contrato renovado, ganhou um belo aumento salarial e passou a ter a multa rescisória estipulada em € 50 milhões (R$ 115 milhões). Ele disputará o clássico no palco onde estreou como titular no time profissional, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro do ano passado.

Muricy Ramalho, técnico do Santos: “São muitos craques em campo, jogadores de Seleção Brasileira. Por isso, tem tudo para ser um jogo muito bom ”.

Casemiro, volante do São Paulo: "Por ser um clássico, você quer fazer um algo a mais, o que errar menos vai sair com a vitória. A semana fica um pouco mais tensa, mais séria, sabemos que vai ser um jogo muito difícil e sempre rola aquela ansiedade. Acho que será um grande jogo, já que os dois times jogam para a frente”.

* Quem venceu mais? Confira o histórico do confronto na Futpédia.

* Esse é o terceiro confronto entre Santos e São Paulo neste ano. Nos outros dois jogos, ambos pelo Campeonato Paulista, vitórias santistas por 2 a 0. Uma na Arena Barueri, pela primeira fase do estadual. Outra no Morumbi, pela semifinal.

* Há três anos (ou 10 jogos) o San-São não termina empatado. A última vez foi em 31 de agosto de 2008: 0 a 0, no Morumbi, pelo segundo turno do Brasileirão. De lá para cá, foram sete vitórias santistas e três são-paulinas.

* O desempenho do Santos na Vila Belmiro, neste Brasileirão, é irregular. Em sete jogos, três vitórias, dois empates e duas derrotas.

Santos e São Paulo se enfrentaram pela última vez no dia 30 de abril, pela semifinal do Campeonato Paulista. O Peixe venceu por 2 a 0, gols de Elano e Paulo Henrique Ganso. Graças a esse triunfo, o Alvinegro foi à final, contra o Corinthians e venceu a competição. Assista aos melhores lances da semifinal no vídeo ao lado.    

veja também