MENU

Esporte Brasileiro celebra o Dia Olímpico

Esporte Brasileiro celebra o Dia Olímpico

Atualizado: Quarta-feira, 25 Junho de 2008 as 12

Esporte Brasileiro celebra o Dia Olímpico

O Dia Olímpico foi celebrado nesta segunda-feira, dia 23, no Rio de Janeiro por dirigentes, atletas e ex-atletas que fazem parte de importantes conquistas do esporte nacional.

Pela manhã, estiveram reunidos com o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, Carlos Arthur Nuzman, no Palácio da Cidade, onde houve pela primeira vez o hasteamento da bandeira da candidatura do Rio de Janeiro à sede dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016.

No evento, o prefeito Cesar Maia anunciou o pagamento da taxa de inscriçãodo Rio de Janeiro como cidade candidata, no valor de US$ 500 mil. Na oportunidade, seis alunos foram premiados por trabalhos de redação e desenho sobre o tema Olimpismo, em um concurso promovido pela Prefeitura do Rio.

À tarde, um novo encontro. A comunidade esportiva brasileira foi recebida pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, e pelo governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral Filho, no Palácio Guanabara, sede do Governo do Estado do Rio de Janeiro, local em que foi anunciado o envio de umprojeto de lei ao Congresso Nacional que institui crédito de R$ 85 milhões para suporte de atividades da candidatura olímpica da cidade.

Para o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, Carlos Arthur Nuzman, o Dia Olímpico no Brasil teve comemorações marcantes. "O esporte brasileiro vive um momento especial de desenvolvimento. É importante que todos compreendam os benefícios que o esporte traz para a sociedade, sobretudo na questão da inclusão social dos jovens. A participação dos três níveis de Governo - Federal, Estadual e Municipal - em torno desta data demonstra o compromisso dos nossos governantes para viabilizar todas as ações ligadas ao esporte", afirmou Nuzman.

Campeão olímpico em Barcelona/92, o ex-judoca Rogério Sampaio ressaltou a importância do esporte para a construção da personalidade e do caráter dos indivíduos. "O Dia Olímpico é uma data importantíssima. Aprendi valores indispensáveis no tatame e que servem de referência para a minha vida", comentou. Ouro nos Jogos Pan-americanos de Indianápolis/87, o ex-jogador de basquete Oscar Schmidt disse que o Dia Olímpico é a data que celebra o atleta e todo o seu esforço para chegar ao pódio. "É uma honra e um reconhecimento ser lembrado neste Dia, após tanta luta para sempre representar bem o meu país". A levantadora Fernanda Venturini, medalha de bronze em Atlanta-96 pelo voleibol, disse que conhece bem a emoção de celebrar esse dia. "O esporte é fantástico, universal, sem preconceitos de raça. Participar de uma Olimpíada é bom demais".

Prestes a disputar pela quinta vez os Jogos Olímpicos, o experiente mesatenista Hugo Hoyama destacou que o esporte ensina a superar barreiras. "Aprendemos importantes lições para a vida, não importa a modalidade". Já o pivô Tiago Splitter, que se prepara para disputar o Pré-Olímpico de Basquete, em julho, na Grécia, falou da emoção de sonhar com sua estréia em Jogos Olímpicos. "Neste Dia Olímpico, é impossível não pensar em Pequim. Mas no caminho temos que buscar a classificação. Vamos em frente com muita perseverança, característica indispensável ao atleta".

Segundo o nadador Clodoaldo Silva, medalhista paraolímpico e campeão mundial, o Dia Olímpico serve para refletir sobre erros e acertos e tentar sempre melhorar. "A meta do atleta é crescer a cada dia, consciente de sua responsabilidade de representar a nação".

Também prestigiaram os eventos do Dia Olímpico os medalhistas olímpicos Marcelo Ferreira (iatismo), Jaqueline Silva (vôlei de praia), Virna e Bernard (vôlei), e a medalhista paraolímpica Karla Cardoso (Judô), além dos atletas Alex, Murilo e Paulo Villas-Boas (basquete), Agberto Guimarães (atletismo), Soraya Carvalho e Sebástian Pereira (judô), Lara Teixeira e Caroline Hildebrant (nado sincronizado) e Virgílio de Castilho (trialto), entre outros.

veja também