MENU

Estreia com derrota para o Vasco

Estreia com derrota para o Vasco

Atualizado: Quinta-feira, 1 Julho de 2010 as 9:45

Jogadores do Vasco celebram um dos gols.

(Foto: Agência Lance)  

PC Gusmão fez sua estreia como técnico do Vasco nesta quarta-feira, pelo Torneio de Florianópolis, e saiu de campo com uma vitória de 3 a 1 sobre o Avaí. Uma curiosidade marcou a partida: Celso Roth também fez sua primeira partida pelo Vasco em 2010 contra o Avaí e também na Ressacada. Na ocasião, os catarinenses venceram por 2 a 0 pelo Campeonato Brasileiro. Dedé, Rafael Coelho e Léo Gago marcaram os gols da vitória, que leva o time de São Januário à liderança do quadrangular - mais cedo, o Coritiba venceu o Grêmio por 2 a 0 na Ressacada. Emerson descontou para o Avaí.

No sábado, Grêmio e Vasco se enfrentam às 19h30m, enquanto Avaí e Coritiba medem forças às 21h30m. Ambos os jogos serão de novo na Ressacada.

O jogo

A partida começou quente, e cada uma das equipes conseguiu marcar uma vez antes dos 11 minutos. Primeiro foi o Vasco, logo aos dois. Jeferson bateu escanteio da direita, Dedé subiu na primeira trave e desviou para o gol. O Leão empatou em jogada semelhante. Davi efetuou cobrança de escanteio também pela direita e Emerson, na linha da pequena área, cabeceou firme. A bola ainda tocou no travessão antes de entrar.

O Avaí desperdiçou boa chance para virar com Roberto, cara a cara com Fernando Prass, chutando à esquerda, aos 20. Como castigo, sofreu o gol oito minutos depois. Elder Granja recebeu na linha de fundo pela direita e cruzou na medida na segunda trave para Rafael Coelho cabecear no cantinho. Foi apenas o segundo gol dele pelo time de São Januário.

O mesmo Elder Granja teve a oportunidade de ampliar aos 37, mas desta vez não teve o mesmo desempenho que teve na participação do segundo gol. Ele iniciou bem a jogada individual, furando o sistema defensivo avaiano, entrou na área e chutou na rede, mas pelo lado de fora.

Pior ainda fez Davi. Em um lance digno do quadro "Inacreditável FC", do Globo Esporte, o meia recebeu passe preciso de Roberto, com o goleiro Fernando Prass já batido, e mesmo com a baliza vazia à sua frente chutou à direita do gol.

Avaí pressiona, mas não marca

No intervalo, o Avaí trocou todo o sistema ofensivo para buscar a vitória. Rudnei, Davi, Roberto e Leonardo deram lugar a Caio, Robinho, Anselmo e Vandinho. E quase que o empate aconteceu aos 18. Robinho achou Vandinho livre na meia-lua. Fernando Prass saiu do gol e abafou o chute do atacante no momento certo.

Aos 27, mais uma chance com Robinho. Ele recebeu na direita, não tinha muito ângulo para chutar e optou por cruzar na direção do gol. A bola passou por Fernando Prass, mas não pelo zagueiro Fernando, que colocou pela linha de fundo.

Cinco minutos depois foi a vez de Caio receber na meia-lua. O meia soltou uma bomba, e Fernando Prass voou no ângulo direito para defender.

O Vasco mostrou eficiência na partida e decretou a vitória com um belo chute de Léo Gago, ex-jogador do Avaí, aos 36. Ele aproveitou sobra na intermediária e bateu firme no canto direito de Zé Carlos.   Por GLOBOESPORTE.COM Florianópolis

veja também