MENU

Estrutura de arenas influencia as torcidas, diz consultor do Brasil 2014

Estrutura de arenas influencia as torcidas, diz consultor do Brasil 2014

Atualizado: Sexta-feira, 24 Setembro de 2010 as 7:37

A estrutura oferecida pelos estádios é peça-chave para melhorar o comportamento dos torcedores brasileiros na Copa 2014. Pelo meno segundo Carlos de La Corte, consultor técnico de estádios do Comitê Organizador da Copa 2014, que deu uma palestra hoje no Riocentro durante o Sportsevents, conferência estratégica para empresas que pretendem realizar negócios envolvendo a Copa de Mundo de 2014 e Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016.

Para ele, um dos objetivos para o Mundial no Brasil é alterar essa situação, o que passa por melhorar a estrutura não só dos estádios, mas também do entorno.

- O torcedor brasileiro se comporta de forma atípica e isso se deve, entre outros fatores, à estrutura oferecida pelos estádios e aos confrontos que acontecem nas torcidas, sejam elas organizadas ou não. É nossa meta que isso se modifique - disse, no evento no Rio de.Janeiro.

Ele também ressaltou a importância de melhorar as ruas em volta das arenas.

- Nosso grande desafio é aproveitar a região em torno dos estádios. Tudo deve estar devidamente estruturado, formando um grande complexo. É importante saber que um estádio de Copa do Mundo não se resume a uma edificação - afirmou Carlos de La Corte.

A secretária estadual de Turismo, Esporte e Lazer do Rio de Janeiro, Márcia Lins, defendeu a tendência atual de estádios com capacidade menor, porém, mais confortáveis para os públicos.

- O conceito atual é bem diferente ao de 1950, quando o Maracanã foi construído. Naquela época, a ideia era de um campo cercado de arquibancadas para receber muita gente. Já hoje é de arena sofisticada com um público bem menor, mas com conforto bem maior.

Já Joana Havelange, diretora-executiva de Planejamento Estratégico e Suporte a Operações no Comitê Organizador de 2014, falou sobre os benefícios de associar uma marca à Copa do Mundo no Brasil.

- Um exemplo é a Jabulani, que virou febre e esgotou nas lojas, por mais que tenham falado mal dela. A marca cria uma imagem 'limpa' ao se associar a um evento esportivo e também tem a imagem assegurada pela FIFA ao participar do programa de proteção à marca patrocinadora.

Ela também mostrou um cronograma geral da próxima Copa do Mundo e reforçou a importância de cumprir as metas no prazo definido pela FIFA.

- Teremos um sorteio da chave em julho de 2011 e, entre novembro e dezembro de 2013, o sorteio final dos grupos|- disse.

Segundo o cronograma geral o lançamento do slogan, mascote e pôster oficial estão previstos para o segundo semestre do ano que vem. Já os pôsteres de cada cidade-sede serão apresentados no segundo semestre de 2012 enquanto a música-tema será divulgada na segunda metade de 2013.

veja também