MENU

Exames provam que Semenya é mulher

Exames provam que Semenya é mulher

Atualizado: Quinta-feira, 8 Abril de 2010 as 12

Caster Semenya, campeã mundial dos 800 metros, teve sua feminilidade comprovada e está liberada para voltar a competir. Os advogados da corredora sul-africana disseram ao canal de TV eNews, nesta quarta-feira, que a equipe médica de Semenya analisou os exames de 2009, após o Mundial de Berlim, realizou seus próprios testes na atleta e concluiu que ela está apta a competir em eventos femininos.

Os advogados revelaram também que Semenya recebeu a liberação em meados de fevereiro e que a Federação Internacional de Atletismo (Iaaf) vem retardando o retorno da sul-africana enquanto avalia os resultados. Sua volta está programada para junho, já que, segundo os representantes legais da corredora, ela não quer entrar em rota de colisão com a Associação Sul-Africana de Atletismo ou com a Iaaf.

Semenya, de 18 anos, conquistou o título mundial em Berlim, em agosto, com o melhor tempo do ano. A Federação Internacional de Atletismo (IAAF) já tinha iniciado um processo de verificação de gênero antes da prova, mas Semenya foi autorizada a competir enquanto aguardava o resultado dos testes.

Uma reportagem do jornal australiano "Daily Telegraph", em setembro, afirmou que Semenya tinha características tanto masculinas como femininas. Em novembro, a Iaaf fez um acordo com a Associação Sul-Africana de Atletismo e resolveu manter o título mundial nos 800m de Semenya. A atleta, então, foi impedida de competir enquanto não fosse divulgado o resultado final dos exames.

veja também