MENU

Exemplo dentro e fora de campo

Exemplo dentro e fora de campo

Atualizado: Segunda-feira, 30 Maio de 2011 as 3:51

Falar do show do Barcelona dentro de campo é redundância. Sou partidário que só há um time capaz de segurar os catalães: o próprio Barcelona. Se jogar mal, o time sai de campo derrotado. Caso contrário, o adversário fica na roda.

Falar dos craques e jogadores importantes também seria fácil, mas os nossos companheiros da ESPN já dissecaram bem estes temas. Por isso, escolhi outro olhar da festa: a comemoração sem papagaios de pirata!

Se fosse no Brasil, o palco reservado aos craques, àqueles que suaram e fizeram por merecer o título da Liga estaria sendo divido por um monte de gente que não tem nada com o campo/bola.

Lembro da apresentação do Ronaldinho Gaúcho no Flamengo. A multidão que foi ao clube esperava ver o craque no palco fazendo um discurso para a massa ou ensaiando alguns malabares com a bola.

No entanto, o que se viu naquela tarde foi um monte de gente querendo aparecer, tirar proveito da situação. Todos estavam no palco, inclusive o craque da camisa 10. Até o Vagner Love foi pegar carona na apresentação do R10.

No caso do Barcelona, somente as crianças se misturaram aos jogadores do Barcelona. Festa oficial deve ser assim mesmo. Festa para a torcida, para os craques que entraram em campo e conquistaram o título.

Dirigentes, filhos de dirigentes, aspones (os famosos assessores de p....nenhuma) ou beirinhas devem ficar bem longe do holofote. Até porque, todo título tem uma festa privê e estas figuras têm livre acesso.

Dentro de campo, o Barça dá show. Fora, o clube dá exemplo!!

Por Fabio Azevedo  

veja também